nsc
an

Apuração

Relatório da CPI do Mathias é entregue ao MPF e à Prefeitura de Joinville

Após análises, órgãos devem definir o rumo dos inquéritos abertos para apurar as responsabilidades sobre as obras

02/07/2021 - 13h56

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Rua Jerônimo Coelho foi uma das ruas afetadas pelas obras
Rua Jerônimo Coelho foi uma das ruas afetadas pelas obras
(Foto: )

O relatório da CPI do rio Mathias foi entregue ao Ministério Público Federal (MPF) à e Prefeitura de Joinville na última quinta-feira (1º). Os órgãos devem analisar o relatório final da CPI e, assim, definir o rumo dos inquéritos abertos para apurar as responsabilidades sobre as obras.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O documento foi entregue por meio dos vereadores representantes, acompanhados pelo presidente da Casa, o vereador Maurício Peixer (PL), e a vice-presidente, vereadora Tânia Larson (PSL).

O procurador Mário Sérgio Ghannagé Barbosa explicou que o MPF já analisa a questão do Rio Mathias desde 2017, mas que houve uma decisão de suspender os trabalhos quando a CPI iniciou, em fevereiro deste ano. A intenção era aguardar que a Câmara de Vereadores de Joinville reunisse informações e documentos. Agora, com o relatório concluído, uma nova fase de análise começa no MPF.

Vereadores em visita ao procurador Mário Sérgio Ghannagé Barbosa
Vereadores em visita ao procurador Mário Sérgio Ghannagé Barbosa
(Foto: )

> O que pode mudar nas academias ao ar livre nas praças de Joinville

- Que houve erro, já percebemos, mas é preciso agora entender se esses erros se transformaram em crime ou improbidade - pontuou o procurador.

Ele ainda pontuou que houve má fé e dolo eventual, mas que é preciso confirmar toda a documentação, composta por 60 mil páginas. 

Leia também:

> Prefeitura de Joinville tem “preocupação” com projeto do ICMS

> Joinville espera receber vacinas para trabalhadores da indústria na próxima semana

Colunistas