Foi lançado na noite desta segunda-feira o relatório Sinais Vitais Florianópolis – Checkup 2015, que congrega os dados mais atualizados sobre cinco temas prioritários para a cidade: segurança, mobilidade, saúde, educação e planejamento urbano. O evento ocorreu no auditório do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Universidade do Estado de Estado de Santa Catarina (Udesc) e contou com a presença do prefeito Cesar Souza Júnior, que elogiou o estudo e disse que ele vai ser essencial na escolha de prioridades da gestão pública.

Continua depois da publicidade

— Em meio a uma crise, nunca foi tão importante escolher prioridades. Com esse estudo em mãos, podemos ver onde estamos indo bem e também onde não estamos indo no ritmo adequado ou, eventualmente, mal. É importante ter dados para que possamos agir com precisão sobretudo em um momento de escassez econômica — afirmou o prefeito.

O relatório foi elaborado pelo Instituo Comunitário Grande Florianópolis (Icom), com apoio do Movimento Floripa Te Quero Bem e do Grupo RBS. Para o gerente executivo do Icom, Anderson Giovani da Silva, a ideia do relatório é facilitar o acesso a dados disponíveis, mas que estão dispersos e muitas vezes são difíceis de entender, sem, no entanto, trazer um juízo de valor.

— O relatório busca ser equilibrado. Ele traz dados que podem ser facilmente interpretados como positivos ou negativos. O importante é que as pessoas extraiam dali aquilo que elas julgam necessário para pensar a cidade — diz Silva.

Nesta terça-feira, o Diário Catarinense traz um caderno especial de 15 páginas sobre os apontamentos do relatório, mostrando um retrato da cidade.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total