nsc

publicidade

Receita

Repasse a municípios catarinenses cai 12% e deixa prefeitos em alerta

Fundo de Participação repassado pelo governo federal teve queda de R$ 39 milhões em comparação com junho de 2018

23/07/2019 - 17h08

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
Presidente da Fecam, Joares Ponticelli, prefeito de Tubarão
Para presidente da Fecam, Joares Ponticelli, é a maior redução dos últimos anos
(Foto: )

O boletim econômico da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) emitiu um sinal de alerta aos prefeitos. A queda de arrecadação representou, em junho, menos R$ 39 milhões no caixa das prefeituras. A redução foi de 12% na comparação com junho de 2018. O valor é referente ao repasse do Fundo de Participação dos Municípios. O FPM reflete a arrecadação do governo federal, que caiu, e isso gera impacto nos repasses aos estados e municípios.

As regiões de maiores quedas são a Grande Florianópolis, com R$ 4,8 milhões, e a Foz do Rio Itajaí, R$ 3 milhões. As menores quedas ocorreram no Planalto Sul, Região Contestado e Noroeste, com queda entre R$ 340 mil e R$ 660 mil.

O presidente da Fecam e prefeito de de Tubarão, Joares Ponticelli, afirmou que a queda foi um pouco maior do que o esperado. Segundo ele, trata-se da maior redução dos últimos anos.

— É preciso cortar hora extra, gratificações, fazer reduções de turno sem prejudicar a prestação de serviço. Mexer em saúde e educação não dá — concluiu.

Deixe seu comentário:

publicidade