publicidade

Cotidiano
Navegue por

Meio ambiente

Resgate de peixes para obra em barragem no rio Uruguai

Cerca de 150 mil peixes foram devolvidos 

15/03/2019 - 18h48

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Peixes foram retirados de local onde a água será retirada para obra em muro
Bagre é uma das espécies resgatadas no Rio Uruguai
(Foto: )

Um trabalho de resgate de peixes no Rio Uruguai vem sendo realizado desde o início do mês na barragem de Foz do Chapecó, entre Águas de Chapecó e Alpestre-RS. De acordo como a Foz do Chapecó Energia S. A., já foram resgatados cerca de 150 mil peixes. As principais espécies encontradas foram lambaris, mandis, mandis-beiçudos e vogas.

Cerca de 20 pessoas trabalham na operação, numa área de 2,5 hectares, próximo ao vertedouro da barragem. Os peixes estão sendo retirados do local onde foi feita uma ensecadeira e depois são jogados de volta ao leito do rio.

O Ibama confirmou que a empresa tem a licença para o trabalho e acompanha o resgate. O trabalho está demorando mais por causa da chuva mas deve encerrar na próxima semana.

A área do vertedouro precisa ser secada para a retirada do restante de um muro que existia desde a construção da barragem. Esse muro também serviu para obras de desvio do leito do rio durante a construção da usina. Ele não tinha função estrutural. Mas uma consultoria contratada pela Foz do Chapecó após as cheias de 2014 e 2017, recomendaram sua retirada. A parte que ficava fora da água já foi retirada, restando o que estava submerso.

A Foz do Chapecó disse que a obra não oferece risco à segurança da população. Também foi construído um canal para manter a vazão sanitária do rio, que é de, no mínimo, 75 metros por segundo.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação