nsc

publicidade

Destaques da quarta-feira

Resumo do dia: retorno do Figueirense após W.O. e pai do surfista "Fanta" morre depois do velório do filho

Confira também que o governo federal vai privatizar 17 estatais, entre elas os Correios, a Casa da Moeda e a Telebras

21/08/2019 - 19h47

Compartilhe

Por Redação NSC

Um grupo de torcedores esteve no saguão do Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, para recepcionar os jogadores do Figueirense na manhã desta quarta-feira (21). Apesar de o Figueira ter perdido a partida contra o Cuiabá por não ter entrado em campo, por W.O., os atletas receberam apoio das pessoas que aguardavam o desembarque.

Leia na íntegra: Atletas do Figueirense chegam a Florianópolis após confusão em Cuiabá e recebem apoio

Zé Antônio diz que espera demissões em massa de atletas após atitude em Cuiabá
Zé Antônio diz que espera demissões em massa de atletas após atitude em Cuiabá
(Foto: )

Pai morre após velório do filho

Volnei Gomes de Moura morreu na noite de terça-feira (20), depois de ter participado do velório do filho Fernando Moura, o "Fanta", 36 anos, surfista catarinense freesurf que faleceu na segunda-feira (19) devido um infarto fulminante, na praia da Guarda do Embaú, em Palhoça.

Leia mais: Pai do surfista Fernando "Fanta" morre depois do velório do filho

Volnei Gomes de Moura, pai do surfista "Fanta", que morreu na segunda-feira (19)
Volnei Gomes de Moura, pai do surfista "Fanta", que morreu na segunda-feira (19)
(Foto: )

Vacina contra o sarampo

A aplicação de uma dose extra da vacina tríplice viral contra o sarampo em Santa Catarina começa nesta quinta-feira (22). A chamada "dose zero" foi recomendada pelo Ministério da Saúde para todas as crianças com idades entre seis e 11 meses para evitar a propagação da doença no Estado, após a confirmação de 15 casos importados.

Leia mais: Dose extra de vacina contra o sarampo começa a ser aplicada nesta quinta em SC

Vacina para sarampo, caxumba e rubéola está disponível nos postos de saúde
Vacina para sarampo, caxumba e rubéola está disponível nos postos de saúde
(Foto: )

Caso desvendado após quase quatro décadas

Seis irmãos que nasceram em Santa Catarina descobriram que o pai teria assassinado a mãe deles 37 anos atrás. Após investigação, eles conseguiram que o homem confessasse ter cometido o crime. Depois da morte, o pai levou os filhos para morar no interior do Mato Grosso, onde se casou novamente.

Leia na íntegra: Filhos descobrem que a mãe foi assassinada pelo pai deles, há 37 anos, em SC

Leia também

Prédio mais alto da América Latina, em Balneário Camboriú, terá elevador mais rápido do Brasil

Suspeito de atacar escola no Rio Grande do Sul é detido pela polícia

Governo vai privatizar Correios, Telebras e pelo menos outras 15 estatais

TCE aponta irregularidades que teriam aumentado a tarifa no transporte coletivo de Florianópolis

O que dificulta a implantação do novo modelo de RG em Santa Catarina

Presidente do PSL-SC nega expulsão sumária de deputados críticos de Moisés

Carreta carregada com cerca de 10 carros tomba e interdita BR-376, entre Paraná e Santa Catarina

VÍDEO: vaca é flagrada circulando pelas ruas de Blumenau

Filhotes vítimas de maus-tratos em Navegantes estão prontos para adoção

Contorno viário é apresentado como opção para desviar o trânsito em Gaspar

Leia as últimas notícias no NSC Total

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade