nsc
dc

publicidade

Opinião

Roberto Alves: "Del Nero se rendeu a Delfim no caso Sul-Minas-Rio"

Colunista do DC comenta os bastidores da nova competição do futebol brasileiro

10/10/2015 - 04h02

Compartilhe

Por Redação NSC
Del Nero (foto), presidente da CBF, cedeu ao diálogo com Delfim Pádua Peixoto Filho
Del Nero (foto), presidente da CBF, cedeu ao diálogo com Delfim Pádua Peixoto Filho
(Foto: )

Marco Polo Del Nero se aproximou de Delfim Pádua Peixoto Filho e, baixinho, lhe perguntou:

- Podemos conversar?

- Claro, sou um homem de diálogo - respondeu o presidente licenciado da Federação Catarinense de Futebol.

Confira outras opiniões de Roberto Alves

Leia notícias sobre futebol

Foi o suficiente para um apelo discreto:

- Vamos parar de brigar sem razão. O momento é de união para sairmos desta crise pela qual passa o futebol brasileiro.

Bom político, Delfim aproveitou a fragilidade do adversário e já foi abrindo o diálogo:

- Vamos começar de cara pela Copa Sul-Minas-Rio.

E foi aí que a CBF começou a ceder.

A reunião

Delfim foi a Curitiba a pedido de Del Nero acompanhar a reunião de quinta-feira à tarde. Decidiram por nove votos a três que seriam 12 participantes escolhidos pelo ranking da CBF 2015/16, que será o ano da realização do torneio.

Com aval da CBF, Copa Sul-Minas-Rio terá Avaí, Chapecoense e Figueirense

Kalil confirma aval da CBF para a realização da nova Liga Sul-Minas

Os clubes

As duplas das capitais garantiram presença, mais a Chapecoense e o America-MG. O ranking atual garante participação aos dois. No mais, são os representantes das capitais.

Encontro

A Liga Sul-Minas-Rio mandou ao Rio seu intermediário Alexandre Kalil para o encontro final com Marco Polo e lá decidiram mais. O torneio terá árbitros da CBF e usará o Tribunal da entidade também. Possivelmente na terça-feira, após o feriado, a CBF divulgará a tabela com divisão de grupos, com cinco datas e jogo único no sistema de mata-mata.

Agora, a negociação com a televisão.

Deixe seu comentário:

publicidade