nsc
    dc

    publicidade

    Opinião

    Roberto Alves: Figueirense tem que fazer valer o mando de campo contra o CRB

    Alvinegro precisa propor o jogo desde o início, sem pressa, ter a posse de bola e o apoio da torcida no Scarpelli

    27/10/2017 - 07h30

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Jogar sempre para vencer quando em casa. Propor o jogo desde o início e sem pressa. Posse de bola e apoio da torcida, além de um pouco de competência para não ficarmos falando de injustiça. É o que o Figueirense precisa no jogo desta sexta-feira contra o CRB, no Orlando Scarpelli.

    A entrada de Naylhor deve ser consumida como tranquilidade, afinal já atuou outras vezes como titular, faz parte do grupo e é bom zagueiro. Necessita apenas de apoio dos companheiros pela falta de uma sequência de jogos. Isso pode pesar. No mais, o mesmo time que fez sua melhor partida contra o Ceará, focado nos três pontos diante do CRB.

    Quem manda aqui?

    Recordando uma frase do ex goleiro Mazaroppi, em sua passagem pelo Figueirense, quando deixava todos falarem no vestiário antes de subir ao gramado para cravar: "Não esqueçam, aqui quem manda é nós hein".

    A frase é permanentemente atual no futebol para os jogos em casa. Mesmo que o CRB esteja dois pontos à frente e uma posição acima do Figueirense, o mando de casa tem que influenciar. Não pensem que a vitória virá de qualquer jeito. Terá de ser construída com qualidade e paciência. Vamos ao jogo!

    Leia outras colunas de Roberto Alves

    Acesse a tabela da Série B do Brasileirão

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade