nsc
dc

publicidade

Opinião

Roberto Alves: "Marcar muito é a ordem do Figueirense contra o Santos"

Colunista do DC comenta os jogos do Alvinegro e do JEC na rodada de fim de semana da série A

24/10/2015 - 05h06 - Atualizada em: 28/10/2015 - 20h31

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

O jogo da Capital promete muito. Futebol de velocidade e toque no meio de boa qualidade. O Santos, considerado hoje o time de melhor trabalho de bola, avança na Copa do Brasil com muita chance de ser finalista. Como dizia o eterno presidente José Mauro Ortiga, vamos ao estádio para ver o Figueirense e não o adversário. É isso aí...

Confira a tabela da Série A

Leia mais opiniões de Roberto Alves

Com Carlos Alberto em nova posição, o Figueirense terá uma outra opção de ataque pelo lado direito, com Sueliton entrando na ausência de Leandro Silva. Desta vez, o Figueirense precisa levar ao pé da letra a famosa frase, "temos que marcar muito", pois do outro lado há jogadores que fazem muita diferença.

Marcação

A volta de Naldo à equipe do JEC quer dizer marcação sob comando. Ele consegue organizar a proteção à zaga. A esperança está em Kempes no ataque e, se Ricardo Bueno resolver jogar um pouquinho, pode dar samba. No Internacional, a novidade é a antecipação pelo clube da permanência do técnico Argel Fucks para o Estadual de 2016. E ele já está montando o grupo com a ida de Fabinho, do Figueirense.

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade