nsc
    nsc

    Jogo bom

    Rodrigo Faraco: clássico no meio do caminho do Avaí

    Leão enfrenta o Figueirense nesta quarta-feira na Ressacada

    21/02/2017 - 07h35

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Para o Avaí é um desafio enorme, dentro de uma campanha quase perfeita neste turno do Catarinense. Encarar um clássico sempre vai exigir algo diferente, mesmo que o time esteja muito seguro e confiante. O clássico pode mudar a história, pode mudar o rumo de uma equipe e de qualquer jogador ou treinador. O desafio do Leão, portanto, é não deixar que o jogo contra o Figueirense provoque abalos.

    Talvez seja mais do que isto. Seja hora de comprovar a superioridade que a tabela de classificação sugere. Mas, do ponto de vista do Avaí, pelo momento que vive, o clássico não vai consagrar – apesar de poder ser uma curtição em caso de vitória –, mas não pode atrapalhar. É bom estar atento.

    Claudinei, não é hora de minimizar!

    O técnico do Avaí, Claudinei Oliveira, foi muito frio e prático ao falar do clássico na entrevista de domingo, pós-vitória diante do Brusque. Em resumo e sendo bem prático também, Claudinei falou do clássico como um jogo qualquer. Minimizar a importância deste jogo e as repercussões que qualquer resultado pode ter – para o bem ou para o mal – pode ser um grande erro. C

    laro que este pode ser somente o discurso público. De qualquer forma é o primeiro clássico dele como treinador do Avaí. É bom conversar bastante com Marquinhos pra entender quais são as armadilhas de um Avaí x Figueirense.

    Leia mais comentários de Rodrigo Faraco

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas