nsc

publicidade

Opinião

Rodrigo Faraco: o nível das primeiras contratações do Figueirense para 2017

É difícil querer sequer tentar desenhar o que vai ser o perfil do Figueirense da próxima temporada

08/12/2016 - 08h55

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Os nomes começam a pintar de forma oficial. Nada que empolgue o torcedor. O Figueirense parece estar montado um time de batalhadores. Nada de estrelas. Entre os já anunciados – o atacante Bill, e os volantes Juliano e Hélder – não há um grande destaque. Talvez o atacante Bill, que foi o artilheiro da Série B deste ano e tem carreira com passagem em Corinthians, Coritiba e Botafogo. Mas nem a contratação dele gerou uma repercussão maior. É difícil querer sequer tentar desenhar o que vai ser o perfil do Figueirense da próxima temporada. O que se pode dizer é que o indício é de um time que mescle experiência e juventude e que não vai ter estrelas como o deste ano.

Deixe seu comentário:

publicidade