nsc
nsc

História

Rodrigo Faraco: responsabilidade na arbitragem da última rodada do Brasileirão

Acredito que o Avaí teve até alguma sorte na escolha

30/11/2017 - 00h23

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Quatro árbitros Fifa nos quatro jogos decisivos da briga contra o rebaixamento. A Comissão de Arbitragem não quer ser acusada de omissão e coloca responsabilidade na condução das partidas. Wagner do Nascimento Magalhães é um dos que mais cresceram nesta temporada. Tranquilo, tem uma linha de não chamar atenção pra ele durante os jogos. Mas, de maneira alguma, está imune a erros. Aliás, não existe árbitro que esteja. Acredito que o Avaí teve até alguma sorte na escolha.

Em Chapecó apita Luís Flávio de Oliveira, que não teve uma boa temporada, mas é excelente árbitro. O perigo maior está em Salvador, com Dewson Freitas, que vive um momento ruim, apesar do escudo Fifa. E em Recife, Ricardo Marques Ribeiro vai ter que segurar a onda de sempre chamar confusão, como foi em Campinas no final de semana passado.

Arbitragem é sempre melhor avaliar depois do trabalho realizado, mas reafirmo que a Comissão colocou peso e responsabilidade na escala/sorteio da rodada final.

Leia mais comentários de Rodrigo Faraco

Confira a tabela da Série A do Brasileiro

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas