nsc
    an

    Futebol

    Romarinho, filho do jogador Romário, é contratado pelo JEC

     Ele já passou pelo Vasco, pelo Brasiliense e, recentemente, estava no Figueirense

    09/12/2019 - 17h13 - Atualizada em: 09/12/2019 - 17h40

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação AN
    foto mostra o jogador falando no microfone
    Ele foi apresentado na tarde desta segunda-feira em Joinville
    (Foto: )

    O Joinville apresentou na tarde desta segunda-feira (9), na sala de imprensa do CT do Morro do Meio, o atacante Romarinho. O jogador tem 26 anos e nesta temporada de 2019 disputou o Brasileiro da Série D pelo Maringá-PR.

    Na coletiva aos jornalistas presentes no Centro de Treinamento, o jogador falou sobre a relação com o técnico Fabinho Santos, que era auxiliar técnico do Figueirense quando ele passou pela equipe em 2018.

    — Aprendi muito com o Fabinho no Figueira e quando ele me ligou falando da oportunidade de vir trabalhar aqui, eu não pensei duas vezes. Vamos trabalhar muito forte para concluir todos os objetivos — disse Romarinho.

    Ele também comentou sobre seu estilo de jogo.

    — Eu jogo aberto, tenho muita força no arranque e finalizo bem, mas procuro procurar meus companheiros para fazer o gol, como o centroavante Lima. Mas minha principal característica é a velocidade — comentou o jogador.

    Perguntado sobre a vinculação ao nome do pai, ele explicou que sempre percebe desconfiança do torcedor, mas que conquista a torcida com o tempo. Romário foi ídolo no Vasco, chegou ao Barcelona como o jogador brasileiro mais bem pago na época, nos anos 1990, e em 1994 foi escolhido pela Fifa como melhor jogador do mundo após seu papel decisivo na vitória do Brasil na Copa do Mundo. Atualmente, é senador pelo Rio de Janeiro.

    Ele contou que já tinha um "namoro antigo" com o Joinville, mas que, antes, ainda não havia recebido uma proposta oficial. Segundo ele, o objetivo maior é trabalhar para subir para a série C.

    Romarinho chega ao JEC com contrato até o final do Catarinense e com possibilidade de renovação para a Série D. Na semana passada, o time anunciou a contratação do meia Wellington Saci e o maior artilheiro da história do JEC, Lima, voltou aos treinos após seis anos de sua última participação na equipe.

    Leia também:

    Bola do Catarinense 2020 é apresentada e tem nome: Samba

    Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas