nsc
    an

    Portal

    Saavedra: Mariani diz que não cairá em provocação

    Deputado federal garante que mantém boa relação com o prefeito Udo Döhler sobre escolha do PMDB para concorrer ao governo do Estado em 2018

    14/03/2017 - 03h02

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Ao exibir o visor do celular com ligações de Udo Döhler na manhã desta segunda-feira, Mauro Mariani garante manter boa relação com o prefeito de Joinville. "Nem eu, nem ele vamos cair em provocação, em quem quer fazer intriga. Não vou responder, estou quieto, não caio nessa", diz o deputado federal.

    Por enquanto, Udo, apontado como pré-candidato a governador por Eduardo Pinho Moreira, não confirmou o interesse em concorrer e nem disse quem poderá apoiar. Os contatos entre Mariani e Udo neste momento são para viagem a Brasília na próxima semana, para tentar junto a Secretaria do Tesouro Nacional (STN) a liberação dos US$ 70 milhões autorizados pelo BID no final de 2014.

    O dinheiro será usado na drenagem do rio Itaum-açu e no parque do Piraí. Udo e Mariani, acompanhados de Eduardo Pinho Moreira, já trataram do tema com Michel Temer duas vezes e nada conseguiram. Agora, a conversa será com Ana Paula Vescovim, titular da STN. Joinville tem capacidade de endividamento para bancar o empréstimo.

    O governo federal não tem autorizado financiamentos externos por temer sua própria capacidade de pagamento. Mariani e Udo também vão tentar liberar recursos na Defesa Civil. A Prefeitura pediu R$ 20 milhões.

    Com Gean

    Eduardo Pinho Moreira, em sua quinta visita a Joinville desde o início do ano, participa da abertura do congresso da Fecam e traz Gean Loureiro. O prefeito de Florianópolis, que também participa do evento da Fecam, poderá ter conversa com Udo.

    Nova estação

    A nova estação de tratamento de água planejada para o rio Piraí pela Águas de Joinville fica bem mais perto da cidade do que a estação em operação desde 1995 no mesmo rio, no Vila Nova. O ponto de captação fica no Nova Brasília, na Estrada Lagoa Dourada, uma lateral da BR-101 em ponto perto do Eixo de Acesso Sul.

    Fase de projeto

    Neste momento, está em contratação o projeto executivo da nova estação, a terceira a ser construída em Joinville (tem também a do Cubatão, neste momento em ampliação). O valor da licitação é de R$ 2,3 milhões. Quando o projeto estiver pronto, a companhia vai atrás de recursos para a obra, a iniciar nos próximos anos.

    Cirurgias

    A migração das consultas e a demanda a ser atendida pelo governo do Estado estão entre as explicações da Secretaria de Saúde de Joinville para o crescimento da fila de cirurgias na rede pública, hoje com 10,2 mil pacientes. Apesar da maior demanda, o tempo de espera teria caído, isto é, a fila estaria andando mais rápido.

    Com Estado

    No final de 2015, Joinville chegou a ter fila de 15 mil pessoas à espera de consulta na oftalmologia. Hoje, giram em torno de mil, segundo a secretaria. Parte dos pacientes migrou para a fila das cirurgias. O procedimento com mais gente na fila, o de catarata, teria tempo médio de espera de 90 dias. E na fila de 10,2 mil pessoas, 1,3 mil são da alçada do Estado, principalmente nas cirurgias ginecológicas e urológicas.

    Presença

    Udo Döhler apareceu no encontro do Manda Brasa, realizado nesta segunda-feira à noite, em Joinville, pelo deputado Mauro Mariani. Tudo dentro do roteiro para demonstrar boa relação entre os dois.

    Reajuste de 2017

    O Sindicato dos Servidores de Joinville começou a campanha salarial com o mesmo pedido de reajuste do ano passado, a inflação mais 5% de ganho real, mas com a disposição de tentar evitar o pagamento parcelado do aumento, como ocorreu em anos anteriores - afinal, o INPC caiu bastante. No ano passado, o índice esteve perto de 10%. Agora, não chega a 5% (4,69%, mas não é definitivo). A pauta da campanha de 2017 foi decidida em assembleia realizada nesta segunda-feira à noite.

    Conserto da LOT

    Ainda não está definido se as correções na LOT, para evitar divergência entre o texto principal e os anexos, terão de passar pelo Conselho da Cidade antes de ir para a Câmara dos Vereadores. Os técnicos da Prefeitura de Joinville analisam o pacote de correções. Quanto os conflitos de mapas, com a mesma área apresentando características diferentes, conforme o mapa, o problema seria menor: caberá ao licenciamento decidir.

    Mão inglesa

    Depois de leitor sugerir mão inglesa na Otto Nass, no Bom Retiro, outro cidadão cobra mão inglesa na rua Padre Anchieta, entre as ruas Timbó e Max Colin, na zona Norte. Com a medida, os moradores da Timbó e arredores não precisariam ir até o final da Max Colin quando querem retornar à Timbó.

    Binário

    Se der tudo certo nos serviços de sinalização, a ampliação do binário das ruas São Paulo e Santa Catarina, na zona Sul, passa a valer já neste final de semana. Com a mudança, quem vem dos bairros pela Santa Catarina em direção ao Centro, pega a Augusto Schmidt para acessar a São Paulo. Hoje, o acesso é pela rua Barra Velha.

    Desconto

    Jaime Evaristo (PSC) quer descontos no pagamento de IPTU de contribuintes que venham a sofrer com fenômenos naturais, como vendavais, alagamentos e chuvas. Se o projeto do vereador for aprovado, o abatimento levará em conta pagamentos a vencer e dívidas vencidas. Na defesa de sua sugestão, Jaime cita várias ações judiciais que permitiram mudanças tributárias por meio de projetos de vereadores.

    Mais de mil em congresso

    Com a presença de mais de mil pessoas, a Fecam abre nesta terça o 15º Congresso Catarinense dos Municípios, com solenidade às 10h na Expoville, em Joinville. Até a tarde desta segunda-feira, 94 prefeitos haviam confirmado presença - o número costuma subir até o início do evento.

    Dois dias de programação

    O vice-governador Eduardo Pinho Moreira representa Raimundo Colombo. Nos dois dias de programação, o congresso prevê palestras, debates e oficinas, além de feira de produtos para as prefeituras.

    Mobilização

    O sindicato dos trabalhadores, o Sintraej, está convocando os funcionários da Águas de Joinville, para mobilização entre as 7h20 e as 8h20 na quinta na frente da companhia. É uma forma de cobrar o atendimento da evolução salarial prevista no plano de cargos e salários. A luta também é para manter o recesso de final de ano, entre outros pedidos.

    Bom humor

    Udo Döhler ironizou a observação da coluna na edição desta segunda sobre o fato dele sorrir quando questionado se concorrerá a governador: "Então eu não devo sorrir, ficar de cara fechada, é isso?".

    Mais tempo

    Foi prorrogado por quatro meses o contrato da Amae com a empresa que vai propor o novo modelo de cobrança da tarifa mínima, provavelmente abaixo dos atuais 10 m3.

    Piratuba

    As obras de recuperação da rua Piratuba, na região Norte de Joinville, foram prorrogadas por mais cinco meses pela Prefeitura.

    Demora

    Houve nomeações no setor de licenciamento da Secretaria de Meio Ambiente de Joinville, mas continuam as reclamações de atraso nas análises e liberação dos documentos. O tema foi discutido na Câmara de Vereadores na tarde desta segunda-feira.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas