nsc

publicidade

Portal

Saavedra: Museu da Bicicleta de Joinville fecha por tempo indeterminado

Prefeitura diz que será montado novo modelo para o museu

17/03/2017 - 13h48 - Atualizada em: 17/03/2017 - 15h45

Compartilhe

Por Redação NSC
São expostas mais de 200 bicicletas no local, da coleção de Valter Bustos
São expostas mais de 200 bicicletas no local, da coleção de Valter Bustos
(Foto: )

Fechado a partir deste sábado, o Museu da Bicicleta de Joinville é novamente tema de polêmica. Com a alegação de "cobranças" do Ministério Público sobre manutenção de acervo particular em espaços públicos, a Prefeitura não pretende nomear novamente Valter Bustos para a coordenação da unidade. Assim, foi dado prazo para Bustos retirar mais de 200 bicicletas dele do museu. Também devem ser levados os acessórios e quadros pertencentes ao colecionador.

Atualmente, o Museu da Bicicleta recebe em torno de 1,5 mil pessoas por mês, em média.

Leia as últimas notícias

No espaço instalado no terminal de cargas da antiga estação ferroviária, vão ficar apenas com as 35 bicicletas doadas formalmente por Bustos à Prefeitura, já há anos.

Em nota, a Prefeitura cita em fechamento do museu por tempo indeterminado, mas o plano é reabrir entre o final de abril e início de maio. Até a reabertura, será montado novo modelo para o museu.

O vizinho Museu do Ferro de Passar, também com acervo particular, não fechará, mas passará por mudanças - a estrutura não tem coordenador.

Bustos considera a medida como fechamento "definitivo" do museu e aponta a exibição do seu acervo como legal, consolidado por meio de contratos de comodato. O colecionador não foi chamado para discutir a questão com a Secretaria de Cultura e Turismo. O ex-coordenador procura agora local para depositar as bicicletas e outros materiais.

Deixe seu comentário:

publicidade