nsc
    dc

    Sustentabilidade

    Sacolas plásticas deixam de ser distribuídas na cidade de São Paulo

    Consumidor terá opções nos pontos de venda para substituir as sacolinhas

    25/01/2012 - 08h11 - Atualizada em: 25/01/2012 - 08h34

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    A partir de hoje, o consumidor da cidade de São Paulo vai ter de adicionar um item às compras de supermercado: terá de levar de casa recipientes para substituir as sacolas plásticas. Uma lei municipal proíbe os estabelecimentos de distribuírem gratuitamente as sacolas.

    Você ainda usa sacolas plásticas ou já aderiu às ecobags?

    Entre as opções que o consumidor terá nos pontos de venda estão as sacolas de algodão, de PET, de ráfia e de polipropileno (todas reutilizáveis), além dos carrinhos de feira (de tecido ou comuns). Mas os especialistas dizem que o melhor é trazer sacolas de casa, pare evitar a compra desnecessária.

    O diretor de sustentabilidade da Apas, João Sanzovo, diz que há uma hierarquia para as opções:

    - A primeira providência é trazer de casa. Se não trouxer, o caixa vai oferecer a biocompostável. Se ele não quiser comprar a biocompostável, a loja oferecerá caixa de papelão. Não vamos deixar ninguém sair da loja com as compras sem embalagem.

    Lisa Gunn, coordenadora executiva do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), afirma, porém, que não ocorreu o devido processo de conscientização. Para ela, a falta de clareza pode criar uma tendência de se rechaçar a medida.

    De acordo com a Associação Paulista de Supermercados (Apas), os estabelecimentos continuarão a conscientizar a população sobre utilização de meios sustentáveis, orientando os consumidores para a adaptação.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas