nsc
an

Comunidade

Saiba como ajudar os cachorros resgatados no canil clandestino em Jaraguá do Sul

Pelo menos 79 animais foram encontrados em situação de maus-tratos

23/03/2018 - 15h04 - Atualizada em: 23/03/2018 - 15h10

Compartilhe

Por Redação NSC
Com a ajuda de voluntários, os cachorros estão sendo recuperados e passando por tratamento de saúde
Com a ajuda de voluntários, os cachorros estão sendo recuperados e passando por tratamento de saúde
(Foto: )

Três dias depois de terem sido resgatados de uma situação de maus-tratos e exploração, os 79 cachorros que estavam em um canil clandestino na área rural de Jaraguá do Sul estão passando por exames e tratamentos. A expectativa é que, com a conclusão do processo judicial e a liberação da guarda dos animais para a Associação Jaraguaense Protetora dos Animais (Ajapra), eles possam ser adotados. Por enquanto, eles precisam de lares temporários e medicamentos para se recuperarem dos dias que viveram sem cuidados e, muitas vezes, sem alimentação. Os animais estão em clínicas veterinárias conveniadas à Ajapra.

Segundo Simone Rocha Dutra, uma das protetoras responsáveis pelo resgate e pelos cuidados com os animais, todos os cachorros, sem exceção, precisam de pelo menos um medicamento.

— Havia um surto de carrapatos e todos foram afetados. Além disso, alguns já foram diagnosticados com erliquiose, a "doença do carrapato"; outros ainda estão passando por exames para saber se tem — afirma Simone.

Além de erliquiose, os cachorros resgatados também tinham problemas de pele, doenças oculares e infecções no ouvido. Entre as fêmeas, muitas estão prenhas, já que a suspeita da Polícia Ambiental era que o local fosse usado para reprodução. Como não havia acompanhamento veterinário nem controle sobre a reprodução, algumas cadelas foram diagnosticadas com piometra, uma infecção bateriana no endométrio. Eles também tem problemas nos dentes, por causa do excesso de tártaro, e terão que passar por extrações.

— Todos tem pelo menos uma doença e, alguns, estão com mais de quatro doenças — lamenta ela.

Os protetores que estão cuidando dos animais precisam de ajuda para adquirir os medicamentos e para ração. As pessoas que puderem colaborar com lar temporário precisam assumir a responsabilidade com os tratamentos e os cuidados com a higiene dos cachorros. Mesmo depois que houver permissão judicial para que possam ser adotados, eles precisam concluir o tratamento e todos serão castrados. Quem oferecer lar temporário terá prioridade quando o processo de adoção for iniciado.

Resgate veio após denúncia

As ONGs de proteção animal de Jaraguá do Sul receberam uma denúncia sobre o canil clandestino em 6 de janeiro. Desde aquela data, lutavam para conseguir ordem judicial para resgatar os animais, o que só ocorreu na última terça-feira, 20 de março. Os cachorros foram encontrados em baias em um local de difícil acesso, sem condições de higiene e sem água ou alimentação. A suspeita da polícia é de que, por serem animais de raça — no local havia pug, buldogue francês, yorkshire, pequinês e chihuahua —, os proprietários mantinham o canil para comercialização dos filhotes, já que estes cães chegam a custar até R$ 5 mil.

Apesar de a reprodução de animais para comércio não ser ilegal, as condições com que isto ocorria na propriedade podem levar os proprietários a responder por crime ambiental. Os donos, que não estavam em casa no momento da apreensão, foram localizados pela Polícia Militar Ambiental e podem receber multa no valor de R$ 500 por cada animal encontrado no local.

Como ajudar:

Lar temporário:

Entrar em contato via mensagem na página da Associação Jaraguaense Protetora dos Animais - Ajapra ou da ONG Gang dos Patinhas Poverellos

Depósito em conta:

Favorecido: AJAPRA - Associação Jaraguaense Protetora dos Animais

Caixa Econôomica Federal.

Agência: 0417.

Operação: 003.

Conta corrente: 0004302-0.

CNPJ Favorecido: AJAPRA - 07.532.982/0001-01

Doações:

Medicamentos

Ração de boa qualidade

Pontos pra entrega de doações:

Hospital Veterinário Duhan Tamys

Hospital Veterinário Amizade

Clínica Veterinária Reale

Pet Shop Pelos & Pelos

Pet Joy

Pet da Ponte

Amazon Pet

Espaço Baby Dolly

Colunistas