nsc
dc

TRAGÉDIA EM SAUDADES

Sala de aula do ataque a creche em Saudades será transformada em parque

Unidade escolar permanece fechada e volta às aulas deve ser decidida em reunião na sexta-feira (14)

13/05/2021 - 10h16 - Atualizada em: 13/05/2021 - 17h12

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Reforma vai modificar área externa e a fachada da creche de Saudades
Reforma vai modificar área externa e a fachada da creche de Saudades
(Foto: )

A sala onde as cinco vítimas do ataque a creche em Saudades, no Oeste de Santa Catarina, foram mortas será transformada em um parque ou área de lazer. A unidade escolar permanece fechada e uma reunião na sexta-feira (14) vai definir quando e como será feita a volta às aulas.

> Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A reforma na creche foi iniciada na segunda-feira (10). Além da sala, a fachada e a área interna da unidade também estão passando por reforma. A expectativa é que os trabalhos sejam concluídos no domingo (16).

Segundo a prefeitura de Saudades, não há proposta até o momento para mudanças no nome da escola.

Na sexta-feira (14), uma reunião decide quando serão retomadas as atividades na unidade. A previsão inicial era de que as aulas voltassem na segunda-feira (17). Contudo, a decisão depende das condições psicológicas das professoras e funcionárias da creche.

Assassino está preso presídio

O autor do ataque a creche recebeu alta na quarta-feira (12) e foi levado para o Presídio Regional de Chapecó. Ele teve a prisão preventiva decretada um dia após o crime e foi indicado por cinco homicídios triplamente qualificados e uma tentativa de homicídio.

> Assassino usou rojões em ataque a creche em SC e planejou crime por 10 meses, revela polícia

O inquérito que apura o caso ainda não foi concluído. Dispositivos eletrônicos apreendidos na casa do jovem de 18 anos foram periciados e devem ajudar nas investigações.

Relembre o caso

O jovem de 18 anos invadiu a creche Infantil Pró-Infância na manhã de terça-feira (4). Armado com um facão, ele desferiu golpes contra uma professora e uma agente educacional. Quatro crianças também foram feridas pelo homem. Três delas morreram.

Segundo a Polícia Militar, após atacar as vítimas, o jovem teria desferido golpes contra o próprio corpo. Ele teve ferimentos no tórax e no pescoço e foi levado em estado grave para o Hospital Regional do Oeste, em Chapecó.

Leia mais:

"Nunca vou ouvi-la dizer mãe": o drama de quem perdeu a filha no ataque a creche em Saudades

Quem era a professora morta em ataque a creche no Oeste de SC

Identificada funcionária morta em ataque a creche no Oeste de SC

Da tragédia à emoção do adeus: o ataque a creche em SC em 10 imagens

Cenas de horror e gritos por socorro: professora relata desespero durante ataque a creche em SC

Colunistas