nsc
dc

 Alexandre Souza

Santa Catarina é destaque em número de startups voltadas à indústria 

Mapeamento Startup+Indústria, feito pela Spin, revela que 30% das startups com foco em indústria do Brasil estão no Estado

30/05/2019 - 10h44

Compartilhe

Por Tech SC
(Foto: )
Alexandre
(Foto: )

Não é novidade que estamos em um ecossistema grandioso e com inúmeras possibilidades quando se fala em empreender e inovar, inclusive com a atuação consolidada de fundos de investimento e órgão apoiadores. Estamos no topo, Santa Catarina foi destaque em mais um estudo sobre startups no Brasil, que mostrou sermos o estado brasileiro que possui o maior número de soluções voltadas à indústria.

O mapeamento Startup+Indústria foi feito pela Spin, aceleradora especializada em startups com foco em indústrias em parceria com a A2C, empresa de transformação de marcas e de negócios. Participaram deste levantamento 55 indústrias de sete estados e 18 cidades, além de 295 startups de 22 estados e 81 cidades. O estudo revela que 30% das startups com foco em indústria estão em Santa Catarina, o estado de São Paulo segue com 29%.

Ainda falando de dados, 25% das startups catarinenses dedicadas a este nicho estão há pouco tempo no mercado, têm até dois anos de operação; 15% já atuam em sede própria; e 37% faturam entre R$ 100 mil e R$ 500 mil por ano. Posso destacar que nosso ecossistema é propício à inovação, também o fato de termos grandes polos industriais e segmentados nas nossas regiões pode explicar o surgimento de soluções para dores específicas de segmentos econômicos.

Assim como apontado pelo relatório, acredito que as grandes indústrias, de maneira geral, ainda não compreendem que as startups podem ser grandes aliadas para a solução de dores específicas do setor. Desde a automatização e facilitação de processos operacionais do cotidiano até o auxílio ao bem-estar dos colaboradores e a gestão do negócio em si. O estudo apontou que apenas 8% das startups entrevistadas recebem algum tipo de investimento da indústria.

Tech SC: fique por dentro do universo da tecnologia em Santa Catarina​​​​​​​​

Essas startups ainda buscam investimento, acesso à capital financeiro e humano, por exemplo. Acredito que podemos educar nosso mercado, buscando entender nossas própria dores e fragilidades, trazendo investidores, fortalecendo as instituições apoiadoras. Assim, conseguiremos nos consolidar no topo como um estado referência em empreendedorismo e inovação.

*Alexandre Souza, gestor do Startup SC, do Sebrae SC

Colunistas