nsc

publicidade

Operação Veraneio

Santa Catarina tem menos assaltos, furtos e homicídios na alta temporada

Bombeiros também registraram maior atividade de prevenção e menor necessidade de salvamentos no litoral

11/03/2019 - 12h16 - Atualizada em: 11/03/2019 - 16h01

Compartilhe

Por Roelton Maciel
Operação Veraneio
Efetivos da PM, dos Bombeiros, da Polícia Civil e do IGP foram mobilizados
(Foto: )

Santa Catarina teve menos assaltos, furtos e homicídios nos 61 municípios que receberam efetivos mobilizados para os trabalhos da Operação Veraneio. Também houve maior atividade de prevenção por parte dos bombeiros e menor necessidade de operações de salvamento no litoral catarinense.

Um balanço dos atendimentos ocorridos entre o final do ano passado e os primeiros meses de 2019 foi apresentado nesta segunda-feira.

A exemplo do que foi registrado nos dias de Carnaval, a Operação Veraneio também foi marcada por queda nos crimes contra o patrimônio: redução de 32% nos roubos e de 21% nos furtos. Em relação aos homicídios, que cresceram 66,7% no Estado durante o Carnaval, o cenário foi inverso na Operação Veraneio: as ocorrências tiveram queda de 43% nas cidades atendidas durante o período.

—Apesar de utilizarmos o mesmo efetivo e a mesma quantidade de dinheiro para custear a operação, tivemos resultados expressivamente mais positivos do que nas operações anteriores — destacou o secretário da Segurança e comandante-geral da Polícia Militar, coronel Araújo Gomes.

(Foto: )

(Foto: )

(Foto: )

(Foto: )

(Foto: )

61 Municípios abrangidos

163 Balneários

383 Postos guarda-vidas

9.100 Efetivo empregado (1.100 guardas-vidas civis)

2.000 Viaturas e embarcações

12 Aeronaves (helicópteros e aviões)

Investimento financeiro

Bombeiros R$ 12,6 milhões

PM R$ 8,5 milhões

PC R$ 2 milhões

Período de mobilização

IGP/Polícia Civil 21/12 - 11/02

PM 21/12 - 11/03

Bombeiros 04/10 - 11/04

Deixe seu comentário:

publicidade