nsc

publicidade

Saúde

Saúde de Joinville mantém atenção ao combate à dengue no bairro Boa Vista

Agentes de saúde comunitária visitaram 1.481 residências e outras 640 devem ser verificadas nos próximos dias

30/01/2017 - 09h47 - Atualizada em: 30/01/2017 - 12h01

Compartilhe

Por Redação NSC

A Secretaria da Saúde de Joinville mantém a atenção no bairro Boa Vista, no combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zica vírus e febre Chikungunya.

Leia as últimas notícias sobre Joinville e região no AN.com.br

Durante o mutirão iniciado há duas semanas, os agentes de saúde comunitária visitaram 1481 residências e outras 640 devem ser verificadas nos próximos dias. Foram encontrados 1379 recipientes acumuladores de água, como lixo, pneus e sucata. Cinquenta pessoas foram notificadas e estão sujeitas a multas que variam de R$ 500 a R$ 2.500, caso não atendam às orientações da Secretaria da Saúde.

De acordo com a coordenadora do serviço de vigilância ambiental da Secretaria da Saúde, Nicoli dos Anjos, o bairro Boa Vista foi escolhido para a varredura contra o mosquito por ser considerado local de infestação.

E mesmo com as constantes campanhas de prevenção, a situação continua crítica na região. Desde o começo do ano foram identificados em Joinville 48 focos positivo da presença do mosquito, 33 no bairro Boa Vista.

- As pessoas ainda não têm medo da doença. É preciso que a população se conscientize, principalmente as pessoas idosas, que a dengue mata e que o mosquito Aedes aegypti também transmite a Chikungunya e o Zica vírus. E agora, com a entrada da febre amarela no país, a situação inspira mais cuidados - alerta Nicoli.

Entre as principais medidas preventivas que a população deve adotar, estão: eliminar qualquer tipo de recipiente - até mesmo tampinhas de garrafa pet - que possa acumular água; verificar a vedação da caixa d?água; colocar tela de proteção nos ladrões e nas caixas de passagem; higienizar os potes de alimentos dos animais com bucha, pelo menos uma vez por semana; não acumular lixo.

Além de orientar a população sobre medidas preventivas, a Secretaria de Saúde distribuiu 350 telas para proteção de caixas de passagem e, nesta semana, cerca de 1,2 mil pastilhas de cloro serão colocadas nas bocas de lobo das ruas mais infestadas pelo mosquito, no bairro Boa Vista.

Desde o começo do ano foram identificados em Joinville 48 focos positivo da presença do mosquito, 33 no bairro Boa Vista.

Deixe seu comentário:

publicidade