nsc

publicidade

IBGE

SC mantém liderança na produção de ostras, vieiras e mexilhões

Estado é responsável por 98,1% dos moluscos produzidos no país

29/09/2016 - 07h06 - Atualizada em: 10/09/2019 - 16h54

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

Santa Catarina continua líder nacional na produção de ostras, mexilhões e vieiras. Em 2015, 98,1% das 21,06 mil toneladas de moluscos produzidas no país saíram do Estado. O dado faz parte da Pesquisa Pecuária Municipal (PPM), divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar da liderança isolada, o ano passado teve queda na maricultura do Estado: foram 4,6% a menos na comparação com 2014.

Produção de mel no Estado teve queda de 40% em 2015, diz IBGE

Estado interdita cultivo e proíbe consumo de ostras, mexilhões e berbigões em Santa Catarina

De acordo com os especialistas do IBGE, essa queda não decorreu em função de problemas climáticos. Foi a recessão econômica o principal fator da desaceleração na produção, pois são alimentos mais caros e houve uma redução no poder de consumo da população. Além disso, ocorreu um incremento na fiscalização sanitária, levando pequenos maricultores clandestinos a desistirem da atividade.

Entre as maiores cidades produtoras do país, nove das dez primeiras ficam em Santa Catarina. O principal destaque é Palhoça, responsável por 65,2% da produção nacional e 66,5% da produção estadual. Já Florianópolis é referência na produção de sementes de ostras, vieiras e mexilhões: 91,6% do total nacional sai da capital catarinense.

Para recuperar clientes, maricultores oferecem degustação gratuita de ostras em Florianópolis

Produção de peixes e suínos também é destaque

Santa Catarina também é bem representada na produção de peixes. O Estado é o quarto maior produtor do país, com 7% do total nacional, atrás apenas de Rondônia (17,5%), Paraná (14,3%) e Mato Grosso (9,8%).

Já entre os suínos Santa Catarina ocupa a segunda colocação no ranking nacional, com um rebanho superior a 6 milhões de cabeças. Perde apenas para o Paraná. Entre os dez municípios com os maiores rebanhos, dois estão no Estado: Armazém (7º) e Concórdia (9º).

Leia as últimas notícias do Diário Catarinense

Deixe seu comentário:

publicidade