nsc

publicidade

No Z4

Semana começa com treino e sem entrevista coletiva no Criciúma

Time se prepara para encarar o Figueirense no sábado

21/10/2019 - 17h01

Compartilhe

Por Lariane Cagnini
(Foto: )

Uma vitória no clássico, sábado, é o que o Criciúma precisa para recuperar a confiança e se manter na briga para evitar o rebaixamento. A tarefa não é fácil, já que o Tigre não vence há cinco rodadas, enquanto o Figueirense venceu dois dos últimos três jogos, e passou o tricolor na tabela.

Os dois continuam no Z4, mas quem vencer o confronto direto pode deixar a zona de perigo conforme os resultados do restante da rodada. O Figueira é o 17º, com 31 pontos, e ganhou duas posições depois de vencer no sábado. O Tigre é o vice-lanterna, com 29, e ocupa o 19º lugar.

Nesta segunda-feira, o Criciúma fez trabalho com bola no Centro de Treinamento Antenor Angeloni, mas não houve a tradicional entrevista coletiva. Ninguém quis falar também na saída do campo sexta-feira, depois da derrota pro 1 a 0 para o CRB, a não ser o garoto Andrew, que se desculpou com a torcida.

Após o jogo, o técnico Roberto Cavalo falou sobre a situação delicada que vive o time, mas disse que tem convicção de que o Criciúma vai permanecer na Série B. Com uma semana inteira para trabalhar até a partida na Ressacada, às 16h30min de sábado, Cavalo irá promover pelo menos duas mudanças obrigatórias, já que Andrew e Sandro levaram o terceiro cartão amarelo.

Leia mais notícias sobre o Criciúma EC no NSC Total.​

Deixe seu comentário:

publicidade