nsc
    dc

    Nos passos da campeã

    "Sereninha" surpreende favorita em Campeonato Juvenil de tênis

    16/02/2017 - 13h46 - Atualizada em: 16/02/2017 - 14h24

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Com apenas 15 anos e jogando pela primeira vez em Porto Alegre, coube à americana Hailey Baptiste protagonizar a maior surpresa desta quinta-feira na chave feminina dos 18 anos do 34º Campeonato Internacional Juvenil de Tênis de Porto Alegre, apresentado por Gerdau e Itaú.

    Na quadra 3 da Associação Leopoldina Juvenil, a jovem tenista foi a primeira a garantir uma vaga às quartas de final ao derrotar a cabeça de chave número 3 do torneio, a britânica Emily Appletone, por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/1, em pouco mais de uma hora de partida.

    Sobre a estratégia usada para pela primeira vez chegar às quartas de um torneio Grade A (que inclui os nove principais do circuito mundial juvenil depois dos quatro Grand Slam), Hailey revelou inteligência ao estudar o jogo da adversária.

    — Ela tem uma direita muito potente, então precisei sacar muito bem e partir para o ataque para neutralizar esse golpe dela — explicou a tenista, que treina em Maryland e é só elogios para a simpatia dos brasileiros.

    Simpatia, aliás, recíproca: nas arquibancadas, entre os pequenos fãs de tênis que acompanham as partidas da categoria 18 anos, disputadas por jogadores que desde já são seus ídolos nas quadras de saibro, a americana ganhou o apelido de "Sereninha" pelo porte atlético e cabelos.

    Enquanto isso, na quadra 1, o cenário era bem diferente: foi apenas após uma batalha de quase três horas sob um sol inclemente que a russa Amina Anshba, segunda favorita, carimbou a passagem à próxima rodada. Depois de vencer o primeiro set por 6/3, ela perdeu a segunda parcial para a suíça Lulu Radovcic por 2/6 (chegou a estar atrás por 0/5) antes de voltar a encaixar seu jogo e fechar a negra por 6/2.

    — Joguei muito bem o primeiro set, estava batendo com força na bola, mas relaxei demais no segundo e me desconcentrei do jogo, o que exigiu muita força mental para voltar e ganhar — contou a russa sobre o "branco" que esticou a partida e exigiu fisicamente de ambas as jogadoras.

    No jogo seguinte, um inimigo em comum castigou a ambas as tenistas dos dois lados da quadra: o calor. Ainda assim, com um jogo mais solto e agressivo, a primeira pré-classificada confirmou o favoritismo: a americana Amanda Anisimova venceu a peruana Anastasia Iamachkine por 6/0 e 6/3.

    — Mesmo com essas condições mais difíceis tentei impor meu estilo. Ela jogou bem, mas tentei ser bastante agressiva, e acho que isso fez diferença — completou a atual vice-campeã do torneio gaúcho.

    Os jogos dos 18 anos prosseguem na Associação Leopoldina Juvenil até domingo, dia 19.

    Resultados desta quinta-feira (dia 16)

    18 anos femininos — oitavas de final

    Amanda Anisimova (EUA/1) d. Anastasia Iamachkine (PER/15) 6/0 6/1

    Sofia Munera Sanchez (COL) d. Vanessa Ong (EUA) 3/6 7/6 (6) 6/2

    Anhzelika Isaeva (RUS) d. Maria Lourdes Carle (ARG/4) 6/4 6/3

    Maria Camila Osorio Serrano (COL/6) d. Whitney Osuigwe (EUA/9) 6/4 3/6 6/2

    Elysia Bolton (EUA) d. Lea Ma (EUA) 4/6 7/5 7/6 (2)

    Hailey Baptiste (EUA/14) d. Emily Appleton (GBR/3) 7/5 6/1

    Sofia Sewing (EUA/7) d. Moyuka Uchijima (JAP) 6/4 6/2

    Amina Anshba (RUS/2) d. Lulu Radovcic (SUI/16) 6/3 2/6 6/2

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas