nsc
    dc

    Brasileirão 

    Série D começa neste final de semana e terá quarteto de SC 

    Brusque, Hercílio Luz, Joinville e Tubarão são os representantes do Estado

    04/05/2019 - 08h05 - Atualizada em: 06/05/2019 - 06h58

    Compartilhe

    João Lucas
    Por João Lucas Cardoso
    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    Hassan
    Por Hassan Farias
    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Tubarão foi o melhor catarinense na Série D de 2018
    (Foto: )

    Brusque, Hercílio Luz, Joinville e Tubarão são os representantes de Santa Catarina na Série D do Brasileiro, que terá início neste final de semana. O quarteto se junta aos outros 64 times na busca do sonho incomum: as vagas na Série C nacional de 2020.

    O JEC, aliás, tenta o retorno, pois foi rebaixado no ano passado, enquanto o Leão do Sul faz a estreia na disputa nacional. Os outros dois são velhos conhecidos, pois estiveram em 2018 na disputa. Esses são os casos do Quadricolor do Vale e do Peixe.

    Na primeira fase, as equipes se dividem em 17 grupos. Os líderes, bem como os 15 melhores segundos colocados, avançam à etapa de mata-mata. Os semifinalistas conquistam os acessos.

    BRUSQUE

    Em 2018

    24º colocado na Série D (eliminado na segunda fase)

    4 vitórias e 4 derrotas

    11 gols pró e 7 contra

    Treinador

    Waguinho Dias

    Consolidado em Santa Catarina e aos 55 anos, o paulista de Sumaré tenta aquilo que ainda não conseguiu com uma equipe catarinense: o acesso à Série C. Após boa campanha com o Marcílio Dias no Estadual, o técnico assumiu o Brusque dia 9 de abril com o objetivo de subir com a equipe do Vale. Além do Marinheiro, ele também passou por Tubarão e Inter de Lages.

    Waguinho Dias (à direita) vai comandar o Brusque na Série D
    Waguinho Dias (à direita) vai comandar o Brusque na Série D
    (Foto: )

    Reforços para a Série D

    Magrão (zagueiro), Rodney (volante), Gama (volante), Romarinho (meia), Thiago Alagoano (meia), Fio (atacante), Thiago Henrique (atacante), Vinícius (atacante) e Júnior Pirambu (atacante).

    Homem-gol

    Jefferson Renan

    Atacante, 26 anos

    O jogador foi coadjuvante de Hélio Paraíba no início do Campeonato Catarinense, mas assumiu o protagonismo no decorrer da competição. A permanência para a Série D consolida Jefferson como a promessa de gols do Bruscão na competição.

    Aposta

    Romarinho

    Meia, 24 anos

    Homem de confiança do técnico Waguinho Dias, o atleta que estava no Tubarão nas duas últimas temporadas tem a responsabilidade de ser o cara da criação no meio de campo do clube brusquense.

    Adversários

    O Brusque está no Grupo A15 e tem como rivais na primeira fase: Boavista-RJ, Foz de Iguaçu-PR e Gaúcho-RS.

    Hercílio Luz

    Em 2018

    Não participou. Vai disputar pela primeira vez a Série D.

    Treinador

    Júlio Cesar Nunes

    Aos 34 anos, ele chega ao Leão do Sul após trabalhar no Glória de Vacaria, no Rio Grande do Sul. Um dos motivos para aceitar o cargo foi o calendário de competições, que mantém o clube em atividade durante o ano todo. Na apresentação, disse se trata de um grande desafio. Antes de ser treinador, foi auxiliar técnico de Luis Carlos Winck.

    Reforços para a Série D

    Paulo Sérgio (goleiro), Murilo Henrique (zagueiro), Hitalo Rogério (zagueiro), Vavá (lateral-esquerdo), Gabriel Busanello (lateral-esquerdo), Maykon Lucas (volante), Rafael Sayão (meia), Wallan Luan (atacante), Léo Bahia (atacante) e Júnior Juazeiro (atacante).

    Paulo Sérgio (à esquerda) será o goleiro do Leão do Sul na Série D
    Paulo Sérgio (à esquerda) será o goleiro do Leão do Sul na Série D
    (Foto: )

    Homem-gol

    Kayron

    Atacante, 24 anos

    Fez dois gols no Catarinense 2019, na vitória sobre o Avaí e no empate com o Joinville, e continua no time para a disputa da Série D. Um goleador bastante conhecido do torcedor, Lima, treina em separado e espera proposta de outros times. Não teve acerto com o Hercílio e ele não vai defender as cores no clube na competição nacional.

    Aposta

    Victor Guilherme

    Lateral-direito, 24 anos

    Eleito o segundo melhor lateral-direito do Campeonato Catarinense 2019, o jovem jogador acertou a permanência após ser sondado por outras equipes. Ele chegou ao clube no ano passado para a disputa da Copa Santa Catarina e foi um dos destaques do vice-campeonato do time tubaronense.

    Adversários

    No Grupo A14, o Hercílio Luz vai enfrentar o Tupi-MG, Novorizontino-SP e Itaboraí-RJ.

    Joinville

    Em 2018

    Rebaixado como lanterna da Série C

    4 vitórias, 2 empates e 12 derrotas

    12 gols pró e 13 contra

    Treinador

    Felipe Surian

    Apresentado pelo Joinville em março deste ano durante a disputa do Catarinense após a demissão de Zé Teodoro, o treinador cumpriu a missão e livrou o JEC da quera. Aos 37 anos, Surian estava no Tupynambás-MG antes de chegar a Santa Catarina. O técnico já tem experiência na Série D, da qual já foi campeão com o Volta Redonda em 2016. Ele também soma passagens por Uberlândia, América-MG, Villa Nova-MG, Tupi, Caldense e Anápolis.

    Reforços para a Série D

    Renato Justi (zagueiro), Ângelo (lateral-direito), Kotaro Umeda (lateral-direito), Leandro Salino (volante), Giba (meia), Jean Silva (atacante) e Felipe Alves (atacante).

    Homem-gol

    Hugo Almeida

    Atacante, 33 anos

    Com a saída quase certa de Nathan Cachorrão, artilheiro do JEC no Estadual, o atacante Hugo Almeida aparece como opção para ser o homem-gol tricolor na Série D. O jogador chegou ao time em janeiro e com quatro gols foi o segundo maior marcador do time no Catarinense.

    Hugo Almeida é a esperança de gol no ataque do JEC
    Hugo Almeida é a esperança de gol no ataque do JEC
    (Foto: )

    Aposta

    Jefferson

    Goleiro, 26 anos

    Foi um dos destaques do JEC no Catarinense e terá papel importante no time durante a Série D. Com uma primeira fase curta, com apenas seis jogos, ele terá a chance de mostrar mais uma vez boas atuações para ajudar o Tricolor a se classificar.

    Adversários

    No Grupo A17, o JEC terá pela frente Avenida-RS, Ferroviária-SP e Maringá-PR.

    Tubarão

    Em 2018

    Eliminado nas oitavas de final da Série D

    6 vitórias, 1 empate e 3 derrotas

    12 gols pró e 8 contra

    Treinador

    Luizinho Vieira

    Aos 47 anos e natural de Criciúma, a 60 km de Tubarão, chegou na reta final do Estadual com a meta única: manter o Peixe na elite. Mais que o cumprimento da missão, a diretoria tricolor optou pela continuidade por conta do bom trabalho no período, com ênfase no resgate do torcedor e o conhecimento que tem no futebol.

    Luizinho Vieira comanda o Peixe
    Luizinho Vieira comanda o Peixe
    (Foto: )

    Reforços para a Série D

    Carlos Alexandre (zagueiro), Everton (lateral-direito), Jeanderson (lateral-esquerdo), Léo Pereira (lateral-esquerdo), Silva (volante), Alexandre (atacante) e Romário (atacante).

    Homem-gol

    Edu

    Atacante, 26 anos

    Contratado no decorrer do Catarinense, o jogador foi decisivo na permanência do Tubarão na primeira divisão estadual. Anotou quatro gols importantes e a esperança é que continue eficaz. No entanto, tem a concorrência de Alexandre, recém-contratado e credenciado pela artilharia do Alagoano: oito tentos em 10 jogos.

    Aposta

    Robertinho

    Meia-atacante, 19 anos

    Cria da base tricolor, com dois anos e meio de casa, o jogador surgiu na Copa São Paulo deste ano, despontou no profissional no Catarinense e tem a Série D para se consolidar. Tem boa consciência tática, mas se destaca mesmo pela polivalência. É capaz de jogar em todas as posições do lado esquerdo, da lateral ao ataque.

    Adversários

    O Peixe tem como rivais no Grupo A16: Caxias-RS, São Caetano-SP e Cianorte-PR.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas