nsc
dc

Ligue 188

Setembro Amarelo: voluntários do CVV escrevem cartas com convites à vida

Eles listam motivos para viver e lembram que, discando apenas três números, é possível encontrar alguém disposto a ouvir

07/09/2019 - 06h40 - Atualizada em: 08/09/2019 - 15h26

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
CVV
Carta escrita por voluntários do CVV
(Foto: )

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 90% dos suicídios podem ser prevenidos, desde que existam condições mínimas para oferta de ajuda voluntária, como o Centro de Valorização da Vida (CVV), que atende pelo telefone 188.

Ao ligar para este número, há alguém do outro lado da linha pronto para ouvir, sem julgamentos. “Não se preocupe com o que vai dizer, conte comigo”, dizem os voluntários. Você já pode chorar, reclamar ou mesmo silenciar. Não tem problema. A sua dor existe e precisa ser respeitada. Mais do que isso, precisa ser compreendida.

— É tão simples, tão fácil ouvir as pessoas. É uma conversa do dia a dia – diz uma voluntária do CVV que atua em Florianópolis.

A pedido da reportagem, ela e outras pessoas que se dedicam a ouvir escreveram cartas neste Setembro Amarelo que são verdadeiros convites à vida.

Um convite à vida

Setembro Amarelo

Leia outras cartas escritas por voluntários:

Carta de voluntário do CVV
Carta de voluntário do CVV
(Foto: )

Carta de voluntário do CVV
Carta de voluntário do CVV
(Foto: )

Carta de voluntário do CVV
Carta de voluntário do CVV
(Foto: )

Carta de voluntário do CVV
Carta de voluntário do CVV
(Foto: )

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas