nsc

publicidade

Retorno ao trabalho

Sob supervisão, Rusada recebe autorização para voltar às atividades

A agencia de antidoping da Rússia foi suspensa em 2015, acusada de encobrir uso de substâncias proibidas

27/06/2017 - 14h06

Compartilhe

Por Redação NSC
Yelena Isinbayeva deixou o cargo administrativo que tinha na Rusada por exigência da Wada
Yelena Isinbayeva deixou o cargo administrativo que tinha na Rusada por exigência da Wada
(Foto: )

A agência de antidoping da Rússia (Rusada) recebeu autorização da Agência Mundial Antidoping (Wada, em inglês) para voltar às suas atividades, sob supervisão da Ukad (agência do Reino Unido). A Rusada foi suspensa em 2015, acusada de encobrir casos de atletas que utilizaram substâncias proibidas.

- É um importante passo para reconstruir o antidoping na Rússia. Nós encorajamos fortemente a Rússia a continuar seus esforços no interesse de atletas limpos mundialmente - afirmou o presidente da Wada, Sir Craig Reedie.

Leia mais:

Organização cancela evento em agosto e UFC 215 é transferido

Federer afirma preferir torneios menores na grama a Roland Garros

Relatório da Fifa cita vantagens indevidas dadas a Ricardo Teixeira

A suspensão da entidade antidoping da Rússia veio após a entidade fazer parte de um esquema que beneficiou mais de mil atletas entre 2011 e 2015. Pelo menos 30 modalidades esportivas estão envolvidas, assim como medalhistas olímpicos de Londres-2012.

Para retornar às atividades, a Wada exige o acesso ao passaporte biológico dos atletas, implantação de uma política de conflito de interesses e garantias de que teste poderão ser realizados em instalações militares usadas por atletas do país.

*LANCEPRESS

Deixe seu comentário:

publicidade