nsc

publicidade

Alexandre Souza

Startups catarinenses são selecionadas para missão em Lisboa

Objetivo é gerar imersão e proporcionar às startups de Santa Catarina a oportunidade de conhecer iniciativas internacionais, não somente de Portugal, mas de toda a Europa

05/09/2019 - 06h50 - Atualizada em: 05/09/2019 - 11h11

Compartilhe

Por Tech SC
(Foto: )

(Foto: )

Oferecer a oportunidade de internacionalização para as startups catarinenses sempre foi um dos nossos objetivos dentro do Startup SC, do Sebrae/SC. Durante o Startup Summit, que ocorreu nos dias 15 e 16 de agosto, foram anunciados os selecionados para a missão em Lisboa, realizada em parceria com o Web Summit e a Startup Portugal. No primeiro dia do evento os inscritos tiveram a oportunidade de apresentar seus pitches para o público — e, no segundo, as escolhidas foram anunciadas.

Dentre as selecionadas, tivemos iniciativas de inovação da área corporativa até segmentos de nicho, como o da construção civil e do mercado da moda. Conpass; Mobiliza; Moblee; Coleção.Moda; WiFeed; Prevision; Reviewr; Smart Tour e Paytrack são as nove empresas que participaram do programa de capacitação do Startup SC e irão conhecer o ecossistema português no mês de novembro.

O potencial dessa colaboração vem de iniciativas transformadoras do mercado. Lançada em 2016, a Startup Portugal surgiu como uma estratégia portuguesa para fomentar o empreendedorismo, com a visão de apoiar o segmento no país. Agregando ao cenário, o Web Summit, que acontece em Lisboa, é uma das maiores conferências de tecnologiado mundo — com mais de 70 mil participantes de mais de 170 países.

A parceria tem o objetivo de gerar imersão e proporcionar para as startups de Santa Catarina a oportunidade de conhecer iniciativas internacionais, não somente de Portugal, mas de toda a Europa. Assim, ajudando a ampliar os horizontes dos empreendedores, mostrando novas possibilidades para seus negócios.

Portugal é a porta de entrada para startups brasileiras que miram no mercado europeu. Especialmente no contexto atual, com as oportunidades que podem ser geradas com o acordo de livre comércio entre a União Europeia e o Mercosul, que juntos representam cerca de 25% do PIB mundial e formam um mercado de 780 milhões de pessoas.

Tenho orgulho em dizer que essa colaboração entre os países, por meio do Sebrae/SC, veio para aumentar as possibilidades dos empreendedores catarinenses.

Deixe seu comentário:

publicidade