nsc
    hora_de_sc

    No Campeche

    Surfistas têm pranchas apreendidas em Florianópolis por prática durante safra da tainha

    Lei municipal restringe surfe durante período de pesca artesanal

    15/06/2020 - 09h24 - Atualizada em: 15/06/2020 - 09h26

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Pranchas de surfe apreendidas em Florianópolis
    Seis pranchas de surfe foram apreendidas pela Guarda Municipal na praia do Campeche no sábado
    (Foto: )

    Surfistas tiveram as pranchas apreendidas neste sábado (14) na praia do Campeche, no Sul da Ilha, em Florianópolis, porque estavam desrespeitando as restrições impostas à prática por conta do período de pesca artesanal da tainha.

    Segundo a Guarda Municipal, que fez a fiscalização, seis pranchas de surfe foram apreendidas. No momento da ação, outros surfistas que estavam no mar deixaram o local para escapar da abordagem.

    Uma lei municipal restringe a pratica do esporte na maioria dos balneários de Florianópolis no período entre 1°de maio e 15 de julho, época em que é realizada a pesca artesanal da tainha.

    Segundo o subcomandante da Guarda Municipal, Ricardo Pastrana, essa foi a primeira ação com apreensão de pranchas dessa temporada.

    — Antes, nós estávamos apenas orientando, mas, como não surtiu efeito, agora vamos passar a apreender — declarou.

    Conforme prevê a legislação, os proprietários poderão retirar os equipamentos após o dia 15 de julho, quando termina o período de pesca.

    Colunistas