nsc
dc

Violência sexual

Suspeito de estuprar filha e duas sobrinhas enquanto elas dormiam é indiciado em São Lourenço do Oeste

Mãe da vítima mais velha descobriu os abusos e denunciou à polícia ainda em 2019

26/04/2021 - 18h06 - Atualizada em: 26/04/2021 - 18h47

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Crianças tinham 8, 9 e 13 anos e relataram sobre as violências sofridas às mães
Crianças tinham 8, 9 e 13 anos e relataram sobre as violências sofridas às mães
(Foto: )

Um homem de 43 anos, suspeito de abusar sexualmente da filha, de 8 anos, e das duas sobrinhas, de 9 e 13 anos, em São Lourenço do Oeste, no Oeste catarinense, foi indiciado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (26), por estupro de vulnerável. 

> Clique aqui e receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

As vítimas sofriam as violências durante a noite, enquanto estavam sozinhas com o abusador ou até mesmo enquanto dormiam. O suspeito não foi preso.

Segundo a Polícia Civil, a primeira denúncia contra o investigado ocorreu ainda em novembro de 2019, pela mãe da sobrinha mais velha, de 13 anos. Na ocasião, a mãe da adolescente disse que viu no celular da filha mensagens encaminhadas pelo homem. Indagada, a menina contou à mãe que havia sido abusada por ele pelo menos duas vezes.

Pasma, a mãe da jovem contou para uma irmã o que havia ocorrido. A outra familiar, por sua vez, também confidenciou que, meses antes, a filha de 9 anos havia relatado sofrer abusos pelo tio.

> Investigado por matar jovem carbonizada em Descanso tem prisão prorrogada por mais 30 dias

Os casos foram relatados à polícia, que iniciou as investigações. Durante as apurações, a polícia ainda descobriu que a própria filha do abusador, de 8 anos, também era violentada pelo pai, que foi indiciado pelos crimes, embora não tenha sido preso. 

Segundo o delegado responsável pelo caso, José Danezi Neto, houve medida protetiva de urgência determinada pela Justiça, que afastou o suspeito do lar.

- Importante salientar que o caso não comportou outra medida cautelar porque veio à tona tempo depois do último fato denunciado, não havendo preenchimento dos pressupostos de uma cautelar mais austera - afirmou.

Leia também

Golpista conhecido por conquistar mulheres para conseguir dinheiro é preso em Balneário Camboriú

Homem morre ao cair de 15 metros de altura enquanto colhia pinhão em São Bento do Sul

Pai morre por Covid-19 após enterrar dois filhos pela doença em Ituporanga

Carga de vinho é totalmente saqueada após acidente com morte entre carro e caminhão em Chapecó

Colunistas