nsc
    dc

    Fraude

    Suspeito de liderar esquema para furar fila do SUS em SC é solto 3 dias após ser preso

    Um total de 26 pessoas, incluindo políticos, empresários, médicos e pacientes faziam parte do esquema, segundo o MPSC

    14/12/2020 - 18h11

    Compartilhe

    Fernanda
    Por Fernanda Mueller
    Polícia chegou a cumprir o mandado de prisão, mas ele foi solto na noite de ontem (13)
    Polícia chegou a cumprir o mandado de prisão, mas ele foi solto na noite de ontem (13)
    (Foto: )

    Um homem suspeito de liderar uma organização criminosa que fraudava a fila do Sistema Único de Saúde (SUS) foi solto neste domingo (13), três dias após ser preso preventivamente. Além dele, há outros 26 réus, incluindo políticos, empresários, médicos e pacientes que fariam parte do esquema.

    Conforme denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), os pacientes que aguardavam na fila para fazer cirurgias eletivas - aquelas que não são emergenciais -, pagavam para a organização criminosa acelerar o processo. Além disso, as pessoas que ainda não haviam passado pelo atendimento público também pagavam para ser atendidas antes dos demais.

    Ainda de acordo com o MPSC, os pacientes, então, eram encaminhados ao setor de emergência dos hospitais nos dias e horários em que os médicos que participavam do esquema trabalhavam.

    > Municípios negociam para garantir vacina russa em SC

    Segundo o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), o suspeito de chefiar o esquema conseguia os documentos nos municípios, fazia agendamento de horários nos consultórios dos médicos e orientava os pacientes para entrar em cadeira de rodas e não dizer que eram de outras cidades.

    Os crimes iniciaram em 2017 e foram cometidos em cidades de todo o território catarinense, principalmente na região de Caçador, no Oeste de Santa Catarina.

    Leia também:

    > Praias em Santa Catarina deverão ter máscara obrigatória e distanciamento entre guarda-sóis

    > SC libera hotéis com capacidade máxima para a temporada de verão com Covid-19

    > Jornal argentino coloca Florianópolis entre destinos não recomendados no verão com coronavírus

    > Confira o calendário de pagamento do auxílio emergencial de dezembro

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas