Um dos suspeitos pelo assassinato do pai do vice-prefeito de Itaiópolis se entregou à polícia nesta terça-feira (22), 11 dias depois do crime. Erico Heilman tinha 81 anos e foi morto a tiros em sua mercearia na zona rural do município, no Planalto Norte de Santa Catarina. O outro homem que participou do crime continua foragido.

Continua depois da publicidade

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

Segundo o delegado Nelson Vidal, o homem já tem passagens por furto e roubo. Ele informou que estava há três dias sem se alimentar direito, já que estava se escondendo em áreas de mata e casas abandonadas. Nesta terça, ele foi até a delegacia e se apresentou com um familiar a um policial, que realizou os procedimentos do mandado de prisão e o encaminhou para a unidade prisional de Mafra. 

O homem já foi interrogado, mas as informações ainda não podem ser divulgadas para não atrapalhar a investigação. Para o delegado Vidal, não há dúvidas de que se tratou de um latrocínio, já que os suspeitos são usuários de drogas e o comerciante foi atingido por um tiro no pescoço, área pouco comum em uma execução. Os homens levaram R$ 150 depois de atirarem contra Erico.

> Polícia identifica suspeitos pela morte do pai do vice-prefeito de Itaiópolis

Continua depois da publicidade

Em operação conjunta entre as polícias Civil e Militar, as equipes continuam fazendo buscas pelo outro suspeito do crime. Segundo o delegado, o fato de os suspeitos conhecerem bem a área de mata da cidade está atrapalhando as buscas.

Destaques do NSC Total