publicidade

Polícia
Navegue por

Litoral do Paraná

Suspeito de roubar e matar mulher se hospedou na casa da vítima dias antes do crime

Corpo da vítima, que era de Guaratuba, foi encontrado em São Francisco do Sul após prisão de quatro suspeitos

19/03/2019 - 08h48 - Atualizada em: 19/03/2019 - 19h20

Compartilhe

Gabriela
Por Gabriela Florêncio
Vítima foi assaltada e desapareceu no dia 15
Vítima foi assaltada e desapareceu no dia 15
(Foto: )

Um dos suspeitos de roubar e matar Iolinda Gonçalves de Lima, 59 anos, em Guaratuba, no Litoral Paranaense, se hospedou em uma das quitinetes da vítima. A estada aconteceu durante o Carnaval. De acordo como delegado Leandro Alberto Albuquerque Stábile, da Polícia Civil do Paraná, o suspeito já conhecia os costumes dela o que facilitou o crime.

Iolinda estava desaparecida desde 15 de março, o corpo dela foi encontrado no último domingo (17) na Vila da Glória em São Francisco do Sul. As investigações apontaram que, após a primeira hospedagem, o homem retornou ao imóvel dizendo ficaria novamente no espaço e cometeu o crime.

O corpo da mulher foi encontrado depois que uma família foi feita de refém durante um assalto, no Rio Grande do Sul. Quatro homens foram presos durante o crime. A polícia verificou que o carro usado no roubo era o mesmo veículo de Iolinda. Após interrogatório, os suspeitos informaram que haviam abandonado o corpo dela perto do ferry boat na Vila da Glória.

A PM foi ao local e encontrou o corpo da vítima, escondido na mata. Inicialmente, a hipótese era de um possível sequestro, mas a Polícia Civil verificou que a vítima foi morta momentos após ser levada pelos assaltantes, descantando essa linha de apuração. Os suspeitos eram moradores de São Francisco do Sul. A investigação prossegue como latrocínio - roubo seguido de morte.

Ainda segundo o delegado, as investigações ainda estão em curso e nenhuma hipótese está descartada, inclusive do envolvimento de outras pessoas.

Família registrou desaparecimento

Na sexta-feira, 15 de março, a família registou boletim de ocorrência informando que a senhora estava desaparecida e que eles não a viam desde a noite do dia 14. Ainda na sexta, familiares foram até a casa dela em Guaratuba e encontraram o imóvel revirado. Vários itens estavam faltando, como televisor e notebook.

O carro da vítima também não estava na garagem. Outro veículo, com registro de roubo, foi abandonado em frente à casa de Iolinda. O corpo dela foi encaminhado à Curitiba onde será velado. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento.

Quem tiver qualquer informação sobre esta investigação pode entrar em contato com a Polícia Civil do Paraná, pelo telefone (41) 3442-5851.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação