nsc
    dc

    publicidade

    Missão dura

    Técnico da Chapecoense diz que ainda é possível 

    Chapecoense pode chegar a 43 pontos se vencer as sete partidas

    07/11/2019 - 08h00

    Compartilhe

    Darci
    Por Darci Debona
    Marquinhos Santos ainda sonha com permanência na Série A
    Marquinhos Santos disse que faltou atenção e comunicação no gol do Bahia
    (Foto: )

    Apesar de ter que vencer os últimos sete jogos que restam no Brasileirão o técnico da Chapecoense, Marquinhos Santos, ainda não “jogou a toalha”. Após o empate por 1 a 1 diante do Bahia ele reclamou da falta de concentração e atenção no gol do adversário mas segue acreditando em algo quase impossível.

    - Os atletas vêm demonstrando entrega e vamos seguir buscando sair da zona de rebaixamento. Vamos pensar jogo a jogo. Tem sete partidas e ainda é possível – calculou o treinador.

    A Chapecoense tem 22 pontos e, vencendo as sete, chegaria a 43 pontos. No ano passado o Vasco escapou com 43 pontos.

    Mas a situação fica mais complicada pela qualidade do próximo adversário, o Grêmio, semifinalista da Libertadores. Sem contar que deve ter uma boa torcida na Arena Condá, apesar de o ingresso para visitante estar a R$ 150,00.

    Além disso o atacante Henrique Almeida, autor do gol contra o Bahia, não pode jogar por acordo contratual, já que veio emprestado do tricolor.

    Em compensação o treinador conta com o retorno de Camilo, que foi poupado da viagem.

    - Eu conversei com o Camilo e a decisão foi minha. Ele vinha num ritmo de jogos que não teve em um ano e meio. E a performance caiu no segundo tempo contra o São Paulo. Ele queria jogar mas preferi preservá-lo de um jogo que era mais de contato físico e contar com ele para um jogo mais técnico – explicou.

    Marquinhos Santos também afirmou que pretende cumprir seu contrato com a Chapecoense, que vai até o final do ano. O jogo contra o Grêmio é domingo, 19h.

    Deixe seu comentário:

    publicidade

    publicidade

    publicidade

    publicidade