nsc

publicidade

Prejuízo

Temporal causa queda de árvores e destelhamento de casas em Indaial

Defesa Civil ainda trabalha na manhã desta segunda-feira para ajudar as famílias afetadas 

02/12/2019 - 13h05 - Atualizada em: 02/12/2019 - 13h12

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
Poste de energia caído sobre a rua
Postes de energia elétrica caíram em algumas ruas do bairro Tapajós
(Foto: )

A Defesa Civil saiu às ruas de Indaial na manhã desta segunda-feira (2) para prestar atendimento às famílias atingidas pelo temporal que atingiu o município durante o domingo. O bairro mais atingido foi o Tapajós, onde cerca de 6 mil residências chegaram a ficar sem energia elétrica no dia anterior.

A chuva intensa e o forte vento causaram a queda de árvores, de muros e de postes de energia elétrica, além do destelhamento de casas. Algumas ruas chegaram a ser obstruídas, impedindo a passagem de veículos e pedestres, até porque os fios caídos sobre as árvores ainda estavam com eletricidade.

A equipe da Defesa Civil se mobilizou com o Corpo de Bombeiros Voluntários de Indaial e os técnicos da Celesc para remover duas árvores que estavam sobre a fiação elétrica e liberar o trânsito entre as ruas. Também foram distribuídas lonas em cerca de 20 ruas do bairro que tiveram as residências destelhadas com o temporal.

O único caso de morador ferido ocorreu por volta das 18h30min. Conforme os bombeiros voluntários, um homem tentava consertar o telhado de casa após o temporal e caiu da altura de dois metros. Ele foi encaminhado com ferimentos médios ao Hospital Beatriz Ramos, em Indaial.

Os trabalhos desta segunda-feira tiveram foco na conclusão do cadastro das famílias atingidas pelo temporal. A Defesa Civil também retornou aos imóveis destelhados para continuar oferecendo assistência aos moradores.

(Foto: )

Deixe seu comentário:

publicidade