nsc
dc

Alexandre Souza

Tendências de transformação digital

O processo de transformação digital passa obrigatoriamente pelo fator humano, considerando os processos internos das empresas e o relacionamento com os clientes

27/06/2019 - 16h15 - Atualizada em: 01/07/2019 - 09h14

Compartilhe

Por Tech SC
(Foto: )

ale
(Foto: )

Todos os anos as expectativas sobre as estratégias de TI são maiores, justificadas pelos avanços do setor, implementação de novas tecnologias e modos de fazer baseados em soluções inovadoras. A forma de consumir está mudando: hoje, os usuários esperam muito mais que um produto ou serviço, existe uma tendência à valorização do que as empresas podem proporcionar. E as experiências do usuário no momento da compra valem muito.

Tech SC: tudo sobre o universo da tecnologia em Santa Catarina Costumo orientar os empreendedores que estão em contato comigo dizendo que esse processo de transformação digital passa obrigatoriamente pelo fator humano, considerando os processos internos das empresas e o relacionamento com os clientes. Com o constante uso de máquinas, o objetivo deve ser o de tornar a vida das pessoas mais fácil e prática, por meio da tecnologia.

A adoção de chatbots no atendimento ainda apresenta algumas limitações. Acredito que neste ano essa tecnologia vai ser marcada por mais recursos de inteligência artificial, melhorando a experiência do cliente e, consequentemente, o atendimento ficará mais humanizado, proporcionando uma melhor experiência para o usuário. A inteligência artificial é também um ponto de destaque por si só, o objetivo é criar dispositivos preparados para de realizar capacidades humanas, como resolver problemas e tomar decisões.

Outro ponto de destaque para as tendências de transformações digitais é o maior aproveitamento de dados, que já existem aos montes. Resta saber como cruzar as informações para melhor utilizá-las. Acredito que o deep learning pode ser de grande valia neste quesito. Usar os dados a favor dos negócios é essencial para um bom empreendedor, por meio de tecnologias para chegar aos clientes e potenciais clientes e entender quais são suas dores, a fim de propor uma solução.

O uso estratégico do SaaS também é uma tendência. As soluções como serviço podem melhorar a agilidade e a versatilidade das empresas, por exemplo. Para concluir, vale lembrar como essas e tantas outras tendências — realidade aumentada, valorização da privacidade, blockchain, IoT, biometria, omnichannel, etc. — podem contribuir para a melhoria da humanização das soluções, como elas se relacionam com o fator humano, para então propor ideias e adequações às novas tecnologias.

Colunistas