nsc
dc

Clima

Tóquio tem alerta para tufão durante abertura das Olimpíadas

Fenômeno tem ventos que chegam a 120 km/h; organização estuda a previsão para o dia do evento

21/07/2021 - 08h34 - Atualizada em: 23/07/2021 - 07h29

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Fenômeno classificado como categoria 1, com ventos máximos de 120 km/h, já está impactando as pequenas ilhas do sul do Japão
Fenômeno classificado como categoria 1, com ventos máximos de 120 km/h, já está impactando as pequenas ilhas do sul do Japão
(Foto: )

A cerimônia de abertura da Olimpíada de Tóquio, marcada para sexta-feira (23) poderá ser afetada por tufão, segundo meteorologistas japoneses. O evento está previsto para às 20h no horário de Tóquio, 8h em Brasília. 

> Leia todas as notícias sobre a Olimpíada de Tóquio

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Desde o dia 14 de julho uma área de baixa pressão estava sendo monitorada no oceano Pacífico Oeste. No início desta terça-feira (20), o sistema evoluiu e foi classificado por meteorologistas como Tufão In-fa. O fenômeno classificado como categoria 1, com ventos máximos de 120 km/h, já está impactando as pequenas ilhas do sul do Japão. 

Hidamasa Nakamura, um dos chefes do Comitê Organizador, disse que está estudando com detalhes o clima de Tóquio para a cerimônia: 

— Nós faremos o possível para divulgar essa informação assim que tivermos. Jornalistas na internet e na televisão estão falando do tufão, mas ainda precisamos de um monitoramento maior. Previsões meteorológicas mudam com frequência. Houve um comunicado desse risco há três dias, mas ainda não é uma informação precisa — disse. 

Durante a Copa do Mundo de Rugby sediada no Japão em 20219, os jogos entre Namíbia e Canadá e Itália e Nova Zelândia foram cancelados por conta de tufão. As partidas seriam nas cidades de Toyota e Kamaichi, que ficam cerca de 250km da capital japonesa. 

— Se houver risco de tufão, vamos avaliar a dimensão, e essa informação será fornecida. Isso aconteceu com a Copa do Mundo de Rugby, em 2019. Se de fato houver risco pros jogos, isso será comunicado a tempo. Não vamos agir de outra maneira — completou Nakamura.

*Com informações de GE

Leia também

Olimpíadas 2021: veja quais são as modalidades

Olimpíadas 2021: quais são os países participantes

Ginasta de Florianópolis conquista medalha no pan-americano e carimba vaga para Tóquio

Colunistas