nsc

publicidade

Não à violência

Torcida organizada do Figueirense é punida por confronto após jogo com o Corinthians

Gaviões Alvinegros não poderão entrar em estádios fardados com acessórios da torcida ou praticar a autopromoção em função da briga pós-jogo contra o Corinthians

21/10/2015 - 18h44 - Atualizada em: 22/10/2015 - 20h55

Compartilhe

Por Redação NSC
Conforme MPSC, torcida organizada feriu policiais militares e causou prejuízo ao patrimônio do clube
Conforme MPSC, torcida organizada feriu policiais militares e causou prejuízo ao patrimônio do clube
(Foto: )

O confronto com a Polícia Militar (PM) após a derrota para o Corinthians, no Orlando Scarpelli, em 27 de setembro, gerou punição à torcida organizada do Figueirense Gaviões Alvinegros. Em comum acordo, PM, Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e Federação Catarinense de Futebol estabeleceram que o grupo está proibido de entrar em estádios brasileiros com roupas e acessórios característicos e fazer uso de instrumentos musicais e manifestações que promovam a própria marca.

Após derrota do Figueirense, torcida protesta e entra em confronto com a PM

Hudson Coutinho testa Carlos Alberto no ataque do Figueirense

Professor Kmarão: Chance de três catarinenses caírem diminui para 20%

A pena passa a valer nesta quarta-feira e se estende até o final do Campeonato Catarinense do ano que vem. Como a validade é para todo o território nacional, Promotorias de Justiça e Polícias Militares de outros Estados serão informadas da decisão.

A punição leva em conta imagens de confronto de integrantes da Gaviões Alvinegros com a PM após o jogo contra o Corinthians e o histórico de registros de incidentes envolvendo os torcedores de um ano para cá. Gravações da confusão do jogo no Scarpelli mostram, conforme o MPSC, que foram arremessadas cadeiras, pedras, garrafas e até uma marreta contra os PMs. Além de dano ao patrimônio do clube, a ação acabou em ferimentos de cinco agentes.

Leia mais sobre o Figueirense

Confira a classificação da Série A

O MPSC, com base nas imagens, cogita solicitar a instauração de inquérito policial para apurar as infrações cometidas pela torcida organizada no conflito após o jogo contra o Corinthians.

Deixe seu comentário:

publicidade