nsc
    dc

    Notícia

    Tornado teve vento de 120 a 180 km/h em Guaraciaba, no Extremo-Oeste de Santa Catarina

    Quatro pessoas morreram e 89 ficaram feridas após passagem do fenômeno na cidade

    09/09/2009 - 07h34 - Atualizada em: 09/09/2009 - 07h55

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    O tornado que atingiu a cidade de Guaraciaba, no Extremo-Oeste de Santa Catarina, pode ser classificado como F1, com vento de 120 a 180 quilômetros por hora, segundo a Central de Meteorologia da RBS. O fenômeno aconteceu entre segunda e terça-feira, atingiu 9,1 mil pessoas, deixou quatro mortos e 89 feridos no município.

    Como especialistas não presenciaram o tornado, a intensidade foi medida pelos estragos feitos à região. Árvores foram quebradas ao meio, casas de alvenaria foram destruídas, carros ficaram virados e houve relatos de pessoas arremessadas pelo vento.

    A classificação segue a escala Fujita, que vai de zero a seis. Na categoria mais baixa, a velocidade do vento chega a até 120 quilômetros por hora. Na mais alta, passa dos 510 quilômetros por hora.

    Prejuízo

    O prefeito de Guaraciaba, Ademir Zimmermann, assinou na manhã de terça-feira um decreto de estado de calamidade pública por causa dos prejuízos causados pelo temporal no município.

    Com a inclusão de Itapoá na lista, o número de cidades catarinenses que tiveram prejuízos com o temporal de segunda para terça-feira desta semana aumentou para 46. Oito pessoas ficaram desabrigadas na cidade do Norte do Estado depois que 12 prédios foram atingidos.

    Na manhã desta quarta-feira, a Defesa Civil retificou o número de pessoas atingidas no Estado. Na terça, Canoinhas, no Planalto Norte, repassou a informação de que 30 mil pessoas teriam sido prejudicadas, mas o número corrigido é 500. Dessa forma, o total de afetados pelo temporal é de 53 mil em Santa Catarina.

    Dos atingidos, 1.152 tiveram de sair de casa e estão em abrigos públicos, 5.842 estão na casa de parentes ou amigos e 242 precisaram deixar a cidade em busca de um lugar para ficar. Em todo o Estado, 10.102 prédios foram danificados.

    Oito municípios decretaram situação de emergência: Vargem Bonita, Vargeão, São Domingos, Santa Terezinha do Progresso, Schroeder, Ipuaçu, Dionísio Cerqueira e Monte Castelo.

    Acompanhe mais informações sobre a chuva no Estado pelo blog Chuva em SC

    Colunistas