nsc

publicidade

Prefeitura Municipal de Florianópolis apresenta

Trabalho voluntário em Florianópolis: veja como contribuir para uma sociedade menos desigual 

Rede solidária de trabalho voluntário, Somar Floripa une cidadãos a Organizações da Sociedade Civil para a realização de voluntariado e doações em diversas áreas 

16/09/2019 - 16h10 - Atualizada em: 17/09/2019 - 17h45

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
(Foto: )

Realizar um trabalho voluntário é a maneira que muitas pessoas encontram para contribuir com um mundo menos desigual e mais sustentável. Não à toa, Organizações da Sociedade Civil (OSCs) trabalham pautadas pelos tópicos da Agenda 2030 das Organizações das Nações Unidas (ONU), que tratam da importância de mirar questões socioambientais, entre elas as condições de vida de pessoas em situação de vulnerabilidade social, a reinserção no mercado de trabalho e as causas animais.

É importante ressaltar que o trabalho voluntário não concorre nem invalida nenhum serviço ou atividade que seria realizada por um funcionário efetivo, pois a “Lei do Voluntariado” (Lei n. 9.608/1998) não permite que o voluntário exerça a mesma função de um funcionário registrado.

Segundo o Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA), Santa Catarina tem entre 45 mil e 60 mil OSCs e, desde 2017, o Brasil registrou o surgimento de cerca de 400 novas OSCs ao ano. Esse aumento sugere um crescimento no número de pessoas preocupadas em suprir as necessidades econômicas, ambientais e sociais, trabalhando em benefício da comunidade e do meio ambiente.

No entanto, em Florianópolis, durante décadas, houve certo desencontro entre as pessoas dispostas a ajudar e as que necessitam de ajuda, seja por falta de tempo, seja por falta de qualificação ou por problemas de comunicação entre sociedade civil, iniciativa privada e voluntários.

Trabalho voluntário em Florianópolis
(Foto: )

Para suprir essa lacuna e fazer uma ponte entre cidadãos e Organizações da Sociedade Civil, a Prefeitura Municipal de Florianópolis criou a Somar Floripa, uma rede de solidariedade que visa inserir a cultura do voluntariado na Capital catarinense, valorizando a criação de iniciativas sociais e a participação de cada cidadão como agente de transformação na comunidade.

— No serviço público, nos deparamos com uma série de problemas decorrentes de ações do passado. Então, trabalhamos no presente para mudar o futuro. Tudo que fazemos agora visa melhorar a cidade nos próximos anos. Pensando nisso, criamos a Somar Floripa, uma rede solidária composta de quatro frentes: uma plataforma digital, uma incubadora social, um centro de capacitação e um certificado de reconhecimento dos voluntários e financiadores. Aproximamos quem precisa de trabalho voluntário de quem deseja ajudar para que juntos possamos transformar a sociedade — explica Cíntia Queiroz Loureiro, presidente da Somar Floripa.

Onde fazer trabalho voluntário em Florianópolis

As cerca de 7060 Organizações da Sociedade Civil que compõem a rede Somar Floripa atuam em diversos nichos, como meio ambiente, causa animal, idosos, pessoas em situação de rua, crianças, entre outros. A plataforma Somar Floripa divulga as vagas disponíveis das organizações cadastradas e as pessoas qualificadas para tais funções se cadastram pelo próprio site ou via WhatsApp. Atualmente, há vagas para professor de alfabetização de idosos, fonoaudiólogo, profissional de marketing, advogados, pedagogos, professores de futebol, pedreiros, assistentes sociais e outras mais gerais.

Há, ainda ações pontuais, em que os voluntários cadastrados se mobilizam para atender uma demanda emergencial, como ocorreu durante a forte chuva que atingiu Florianópolis em janeiro de 2018. Na ocasião, a Somar trabalhou em parceria com a defesa civil e a Prefeitura Municipal.

– Mobilizamos mais de 500 voluntários que trabalharam emprestando veículos, recebendo doações, fazendo a triagem de alimentos, colchões, água potável, cadastrando atingidos, etc. Assim, pudemos atender rapidamente a todos os desabrigados – conta Cíntia Queiroz.

Trabalho voluntário em Florianópolis
(Foto: )

Campanhas de arrecadação de brinquedos, doces, material escolar, fralda geriátrica e outros itens necessários para o funcionamento de muitas organizações também fazem parte do calendário da Somar, que recebe os donativos e repassa integralmente para as instituições ou pessoas a que se destinam.

– A rede solidária não cobra nada de ninguém. Nem dos voluntários nem dos doadores e nem das entidades. Tudo é repassado diretamente do doador para a entidade, sempre com toda transparência necessária. Nosso papel é apresentar quem quer ajudar a quem precisa de ajuda – afirma Juliana Galliano, coordenadora geral da Somar Floripa.

Se você acredita que o voluntariado é um instrumento para a construção de uma sociedade mais justa e deseja se cadastrar como voluntário, acesse a rede Somar Floripa. Do mesmo modo, a plataforma está disponível para organizações sociais que desejam receber doações ou serviços.

(Foto: )

Deixe seu comentário:

publicidade