Nos últimos dois dias em Blumenau, entre segunda e terça-feira, três pessoas perderam a vida nas ruas de Blumenau aumentando para 16 o número de mortes neste ano no perímetro urbano. Na segunda-feira, Moisés Roberto dos Santos, conhecido como o músico Robertinho Show, 63 anos, dirigia uma caminhonete Chevrolet Blazer, com placas de Blumenau, quando se envolveu em um acidente com um caminhão Mercedes-Benz de Joinville. Ele morreu na hora.

Continua depois da publicidade

Já o condutor do caminhão, conduzido por Divanir Moser, 47 anos, nada sofreu. O acidente ocorreu por volta das 10h30min na rua Professor Jacob Ineichen, no bairro Itoupavazinha. Jociele Padilha, de 28 anos, passageira da Blazer, foi encaminhada para o Hospital Santa Isabel, mas já foi liberada.

O segundo acidente com morte ocorreu também na segunda-feira por volta das 14h30min. Lorena Steffen de Oliveira, 61 anos, morreu no Hospital Santa Isabel após ter sido vítima de um atropelamento na rua José Deeke, bairro Salto. Ela foi atingida por uma motocicleta Honda CG, conduzida por Valmir Gorges, de 27 anos.

Lorena foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada em estado grave ao Hospital Santa Isabel. Por volta das 18h desta segunda-feira, ela teve morte cerebral. Segundo a Guarda de Trânsito, o atropelamento ocorreu fora da faixa de pedestres.

Continua depois da publicidade

Na terça-feira, um atropelamento ocorreu às 17h na rua Gustavo Zimmermann, na Itoupava Central, e matou Eliane da Silva. Ela e o marido, Gilberto Martini da Silva, que também ficou ferido, caminhavam pela ciclovia quando foram atingidos de frente por um Gol. O veículo tombou e só parou alguns metros depois de onde ocorreu a batida. O motorista, Thiago Felipe de Souza Nodari, permanece internado ao Hospital Santa Isabel. A Guarda de Trânsito fez teste de bafômetro no jovem, mas o resultado deu negativo.

Destaques do NSC Total