nsc
    dc

    Série B

    Três opções e uma vaga: Aranha, Rubinho e Léo Lopes disputam lugar no gol do Avaí 

    Titular nos últimos 10 jogos, Kozlinski cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo e abre concorrência contra Ponte Preta

    20/11/2018 - 04h09

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    (Foto: )

    Quem será o titular no gol do Avaí contra a Ponte Preta? Essa é a principal pergunta da semana e que será respondida pelo técnico Geninho no sábado, às 17h, quando os times estarão em campo na última e decisiva rodada da Série B do Brasileiro. Kozlinski está suspenso por receber o terceiro cartão amarelo na vitória por 1 a 0 sobre o CSA. O treinador, que quando jogador atuava como goleiro, possui três opções: Aranha, Rubinho e Léo Lopes.

    Titular em 27 das 37 partidas do Leão nesta Série B, Aranha é o jogador que desponta como favorito à vaga. Ele, porém, não atua desde setembro devido a uma torção no tornozelo direito. O goleiro voltou a trabalhar com bola na semana passada. A seu favor conta a experiência. Aos 38 anos, o goleiro jogou por times como Santos, Palmeiras e Ponte Preta, onde estava no ano passado.

    Com somente uma partida na temporada, Rubinho tem 36 anos e pode viver no último jogo do ano o seu principal nesta passagem pelo Leão. Revelado pelo Corinthians, o goleiro passou a maior parte da carreira no futebol italiano por times como Genoa e Juventus, onde foi por muito tempo reserva de Buffon. A rodagem pode garantir a ele o voto de confiança de Geninho, mesmo sem ritmo.

    Mais jovem do trio, Léo Lopes foi titular do Avaí na Copa São Paulo de Júnior no início do ano e passou o restante da temporada na equipe de aspirantes e como quarto goleiro no elenco profissional. Aos 20 anos, está bem fisicamente e se tornou uma das opções de Geninho. Assim como os concorrentes, ele está sem ritmo de jogo, além de que a inexperiência pode complicar sua escolha.

    – Aranha era o titular, teve a torção e entrou o Kozlinski. O Rubinho vinha machucado neste período, mas agora o Rubinho está em condições, e o Aranha quase em condições. Teremos o Aranha uns 70% bem fisicamente, e tenho o Rubinho inteiro. Vamos definir na semana – falou o técnico Geninho.

    Independente de quem for o escolhido, a missão está bem definida: não sofrer gols. Isso porque, o empate basta ao Leão no confronto direto diante da Ponte. Com 60 pontos e na terceira colocação, o Avaí precisa somar ao menos mais um para não depender de qualquer outro resultado da rodada. Caso esse cenário seja alcançado, o time de Geninho, Aranha, Rubinho, Léo Lopes e companhia estará na elite do futebol brasileiro na próxima temporada.

    Pontos positivos e negativo de cada um

    Aranha - 38 anos

    Positivo

    Esteve em campo 27 vezes pelo Leão nesta Série B. É o que mais jogou na posição.

    Negativo

    Ainda sente desconforto no tornozelo direito, recém-recuperado após torção em um treino.

    (Foto: )

    Rubinho - 36 anos

    Positivo

    Fez a carreira no futebol italiano, está bem fisicamente e tem a confiança do elenco.

    Negativo

    Jogou somente uma partida como profissional na temporada, em março pela última rodada do Catarinense.

    (Foto: )

    Léo Lopes - 20 anos

    Positivo

    Criado na base azurra, o jovem espera pela primeira oportunidade como profissional.

    Negativo

    A inexperiência do jovem pode pesar no momento mais decisivo para o Avaí na temporada.

    (Foto: )

    Confira a tabela da Série B do Brasileiro

    Leia mais notícias sobre o Avaí

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas