nsc
    dc

    Notícia

    Tricolor vence a primeira em cima do São Gabriel

    Com resultado, time larga a lanterna e vira vice-líder do grupo

    11/02/2005 - 19h54

    Compartilhe

    Por Redação NSC

    Finalmente a tão esperada vitória aconteceu. E em grande estilo. Os meninos do técnico Hugo de León aplicaram 3 a 1 no São Gabriel, no Estádio Sílvio Faria Corrêa, na noite desta sexta, dia 11. A vitória não só tirou o Grêmio da lanterna, como o transformou no vice-líder do Grupo 2, com cinco pontos. Bruno, que pode estar deixando o tricolor, abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. Já na etapa complementar, Samuel e Marcinho, aos 26 e 29 minutos, decretaram o primeiro triunfo gremista no Gauchão. O São Gabriel, que terminou a partida com um jogador a menos, ainda descontou com Gustavo.

    Desde o início, se pode perceber que o jogo seria truncado. E isso foi confirmado pelas nove advertências distribuídas pelo árbitro Leonardo Gaciba, incluindo o cartão vermelho do zagueiro do São Gabriel Luciano. As duas equipes estavam a fim da vitória, pois ocupavam as duas últimas colocações na chave e vinham recebendo fortes cobranças das suas torcidas. O São Gabriel criou muitas chances no decorrer do primeiro tempo. No entanto, não se pode dizer que o Grêmio foi pressionado, pois o jogo ficou muito concentrado no meio-campo e nas intermediárias, sendo parado por muitas faltas. O Grêmio também criou algumas chances. No entanto, ficou mais criativo e oportunista após os 23 minutos, quando as estrelas dos garotos de De León brilharam. Luiz Felipe, ex-júnior que entrou muito bem na ala-direita, carregou a bola por seu território, até cruzar para Marcelinho, que foi vencido pelo zagueiro de maior estatura, mas que não conseguiu afastar a bola, e acabou dando rebote. Então o prata-da-casa Bruno, com inteligência, tocou de primeira, rasteiro, no canto esquerdo do goleiro Altieri.

    Depois do gol, o São Gabriel procurou responder, cavando dois escanteios seguidos. No entanto, o goleiro Eduardo, como durante todo o primeiro tempo, esteve lá, seguro e presente. Bruno, autor do gol, teve um crescimento individual visível, levando o time para o ataque. Mas o São Gabriel ainda tentou. Aos 38 minutos, Itaqui conduziu a bola pelo meio e cruzou para Ivan, que bateu em gol, mas Eduardo fez boa defesa.

    Pela primeira vez, o técnico Hugo de León orientou os jogadores no vestiário para manter a vantagem. Bruno deveria ajudar na marcação. E foi o que ele fez nos últimos 45 minutos. O jogo seguiu travado no meio-campo, mas o Grêmio conseguia achar mais espaços com o habilidoso Luiz Felipe, pela direita. Ele lançava para Marcelinho, que se movimentava com rapidez dentro da área, fórmula que resultou no primeiro gol do Grêmio. No entanto, o pequeno atacante gremista não conseguia vencer o tamanho e a força dos defensores do São Gabriel. Inclusive foi num desses lances que o São Gabriel teve um de seus jogadores expulsos. O zagueiro Luciano, na tentativa de parar Marcelinho, puxava a sua camisa e o árbitro, em cima, marcou a falta e puniu o jogador. Mas se Marcelinho não conseguia se sobressair, Samuel o fez. Aproveitando a bobeira da zaga, partiu livre com a bola dominada pela direita, para tocar na saída do goleiro Altieri. Era o segundo gol gremista. Mas os garotos estavam inspirados e, três minutos depois, foi a vez de Marcinho entrar livre na área e partir para cima do número 1 do São Gabriel, e tocar na saída de Altieri. Era o terceiro gol e a primeira goleada gremista. O São Gabriel ainda descontou com o atacante Gustavo, que entrou no segundo tempo, aos 32 minutos. Mas o gol adversário não abalou a primeira grande conquista na temporada.

    O resultado passou a lanterna das mãos do Grêmio para o São Gabriel, agora último colocado do Grupo 2, com 3 pontos. O Grêmio, segundo colocado com cinco pontos, volta a jogar neste domingo, dia 13, no Estádio Olímpico, quando poderá contar com o apoio da feliz torcida para enfrentar o São José de Cachoeira.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas