nsc
hora_de_sc

Nossa Área

Trio catarinense apitará decisão da Liga Futsal 2018

Oscar Calheiros, Jefferson Cabral, e Enemir Corozzola serão os árbitros da final da Liga Futsal 2018 no jogo entre Atlântico Erechim e Pato Branco

07/12/2018 - 10h10

Compartilhe

Marcus
Por Marcus Bruno
Enemir (2º da esq. para dir.), Oscar (centro) e Jefferson (4º da esq. para dir)
Enemir (2º da esq. para dir.), Oscar (centro) e Jefferson (4º da esq. para dir)
(Foto: )

Não tem time catarinense na decisão da Liga Nacional de Futsal, mas o Estado estará representado pelo trio de arbitragem. Atlântico Erechim (RS) e Pato Futsal (PR) se enfrentam neste domingo, às 11h, no ginásio do time gaúcho. E Oscar Calheiros Cruz filho, morador de Palhoça, será o árbitro principal da partida.

Ele será auxiliado por Jefferson Eduardo de Lima Cabral, de São José, e o terceiro árbitro é Enemir Corozolla, o Garça, de Caçador. Por coincidência, esta final repete a decisão da Taça Brasil de Futsal, ocorrida em agosto, quando Oscar e Jefferson também apitaram o jogo. Naquele torneio, o Pato foi campeão.

— Esse foi um ano muito bom para essas duas equipes. Mas o Pato Futsal hoje é o time a ser batido no Brasil — avalia Jefferson Cabral.

No jogo de ida, no Paraná, o time local aplicou 6 a 0 nos gaúchos. No entanto, como não há saldo de gols, uma vitória simples do Atlântico leva o jogo para a prorrogação, onde o time de Erechim tem vantagem do empate por ter a melhor campanha durante a competição. A partida será transmitida pelo canal SporTV.

Experiência

Formado em Educação Física, Jefferson tem 41 anos e trabalha como consultor esportivo em São José. É árbitro há 21 anos e de 2005 até 2011 apitou todas as finais do estadual Série Ouro do Rio Grande do Sul. De 2013 até o ano passado fez todas as finais do catarinense.

Jefferson lamenta, no entanto, que neste ano não tenha um clube catarinense decidindo título, embora o atual campeão seja o Joinville.

— Nós temos cinco equipes catarinense, o JEC/Krona de novo foi mais longe, mas não conseguiu manter o mesmo ritmo do ano passado. Acho que falta melhorar a estrutura deles, captar mais recursos para se buscar atletas.

Árbitro principal, Oscar Calheiros, 37, é natural de São Paulo, mas vive há mais de duas décadas na Grande Florianópolis. Ele foi destaque em 2015 na Hora, quando foi escolhido pela primeira vez para apitar a final da Liga Nacional de Futsal daquele ano. Já o Enemir Corozolla é secretário de Cultura, Esporte e Turismo de Caçador.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas