nsc

publicidade

Ancara

Turquia pede aos Estados Unidos que renuncie a postos de observação na Síria

07/12/2018 - 15h44

Compartilhe

Por AFP

A Turquia pediu nesta sexta-feira (7) aos Estados Unidos que renunciem aos postos de observação no norte da Síria, destinados a impedir qualquer confronto entre o exército turco e combatentes curdos apoiados por Washington, segundo o ministério turco da Defesa.

Hulusi Akar fez o pedido durante um encontro em Ancara com o representante especial dos Estados Unidos para o conflito sírio, James Jeffrey, informou o ministério em um comunicado.

Akar já havia criticado em 24 de novembro o estabelecimento desses postos de observação, anunciado alguns dias antes por Washington, destinados a tranquilizar a milícia curda das Unidades de Proteção Popular (YPG), espinha dorsal das Forças Democráticas Sírias (FDS).

Se as YPG são a ponto de lança no terreno da coalizão internacional que luta contra o grupo jihadista Estado Islâmico (EI), Ancara as considera como um grupo "terrorista" e não aprova sua cooperação com Washington.

O exército turco, que já dirigiu duas incursões militares na Síria, realizou bombardeios esporádicos nas últimas semanas contra posições do grupo curdo.

Após esses ataques, as FDS anunciaram em 11 de novembro a suspensão de suas operações contra o EI.

Akar pediu novamente nessa sexta-feira aos Estados Unidos que encerre sua cooperação com as YPG e reiterou que a Turquia no autorizava a criação de um "corredor terrorista" na sua fronteira.

* AFP

Deixe seu comentário:

publicidade