nsc
dc

Efeito comprovado

UFSC procura voluntários para desenvolvimento de remédio para colesterol feito com erva-mate

Pesquisas indicam que o consumo reduz o colesterol e pode diminuir as taxas de glicose

02/04/2012 - 13h08 - Atualizada em: 05/04/2012 - 13h37

Compartilhe

Por Redação NSC
(Foto: )

A pesquisadora Aline Minuzzi Becker, que está fazendo mestrado na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), procura voluntários para um estudo que pretende desenvolver cápsulas com extrato seco de erva-mate. Foi comprovado em estudos anteriores da UFSC que a infusão da erva provoca redução do colesterol.

A pesquisa com erva-mate já dura três anos na UFSC. Já foram realizados testes com animais e não foram registrados efeitos colaterais nem com ratos e nem com coelhos.

Outros benefícios da ingestão da erva-mate são a redução da glicose em pessoas consideradas pré-diabéticas e a redução de oxidantes. que são substâncias relacionadas ao envelhecimento precoce.

- Não temos dados sobre envelhecimento especificamente, relacionando o consumo da erva e o combate do envelhecimento precoce - alerta Aline.

A pesquisa entra agora na etapa toxicológica, ou seja de testes com humanos, para desenvolvimento de um medicamento.

- Já trabalhamos com 18 voluntários, mas procuramos mais 120, 40 para um grupo de controle, que vai receber o placebo, 40 para receber a cápsula feita com erva verde e 40 para receber cápsula com a erva tostada - explica a pesquisadora.

Requisitos

Para ser voluntário na pesquisa é necessário ter entre 18 e 60 anos e ter problema de colesterol alto. Também é necessário estar dentro do peso normal, ou seja com índice de massa corpórea menor que 30, não ter doença na tireoide, hepática ou renal e nem ser diabético.

- A pessoa precisa estar saudável, em geral - conclui Aline.

Não podem participar grávidas e nem atletas que praticam exercícios intensos.

Para se candidatar ao estudo entre em contato pelo e-mail ali.mb@hotmail.com.

Colunistas