A UFSC vai avaliar em uma reunião nesta segunda-feira (24) uma possível punição aos alunos presos por suspeita de neonazismo. O caso foi revelado pelo Fantástico no domingo (23) e, segundo a investigação da Polícia Federal, dos seis suspeitos, quatro estudam na instituição.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A informação foi confirmada pela vice-reitora Joana dos Passos. Segundo ela, a universidade tomou conhecimento sobre o fato por meio da reportagem.

Os alunos envolvidos, conforme o Fantástico, são estudantes dos cursos de Letras, Engenharia Automotiva, Engenharia de Agricultura e Direito.

Além deles, um auxiliar de escritório de 27 anos formado em Comércio Exterior e um homem de 20 preso em abril por tráfico também são considerados suspeitos.

Continua depois da publicidade

Na casa de alguns dos suspeitos foram encontradas armas, munições e bandeiras e itens com símbolos nazistas.

A Polícia Federal acredita que existam mais células nazistas no Estado.

Leia também 

Neonazista condenado na Alemanha publica vídeos sobre cidades de Santa Catarina

Jovem investigado por apologia ao nazismo tem objetos apreendidos pela polícia em SC

Nazismo em SC: Investigação aperta cerco a extremistas

Destaques do NSC Total