nsc
    dc

    Pesquisa

    Uma em cada três cidades de SC tem o câncer como a principal causa de mortes

    Doença lidera a lista de óbitos em 95 dos 295 municípios catarinenses

    16/04/2018 - 13h51 - Atualizada em: 16/04/2018 - 13h56

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    Cepon em Florianópolis é o serviço público de referência no tratamento oncológico em Santa Catarina
    Cepon em Florianópolis é o serviço público de referência no tratamento oncológico em Santa Catarina
    (Foto: )

    Uma em cada três cidades de Santa Cantarina tem o câncer como a principal causa de mortes. A doença lidera a lista de óbitos em 95 dos 295 municípios catarinenses. É a segunda maior concentração de cidades do país onde tumores são o fator número 1 de mortalidade. O primeiro lugar no ranking nacional é ocupado pelo Rio Grande do Sul, onde o câncer é a principal causa de mortes em 140 municípios.

    Os dados são de 2015 e fazem parte da pesquisa divulgada nesta segunda-feira pelo Observatório de Oncologia do movimento Todos Juntos Contra o Câncer, realizada em parceria com o Conselho Federal de Medicina. O estudo alerta para o avanço da doença no Brasil e indica que, caso o ritmo seja mantido, em pouco mais de uma década as chamadas neoplasias serão responsáveis pela maioria dos óbitos em todo o país.

    Entre as cidades catarinenses que têm o câncer como principal causa de mortes estão Blumenau, Jaraguá do Sul e Concórdia. O estudo aponta que a maioria desses municípios têm em comum o fato de serem de pequeno porte e com bons índices de desenvolvimento.

    —A maior parte dessas cidades está localizada em regiões mais desenvolvidas, onde a expectativa de vida é maior e o Índice de Desenvolvimento Humano também — destaca Tiago Cepas Lobo, sanitarista pesquisador do Observatório de Oncologia.

    Como possíveis causas para os resultados, o estudo aponta o aumento da expectativa de vida e as consequentes mudanças genéticas em decorrência do envelhecimento da população, o alto índice de tabagismo e a estrutura para a identificação e registro de óbitos por câncer — numa região sem condições de diagnosticar a doença, por exemplo, o registro pode nem mesmo ser computado. Outro ponto apresentado no estudo indica que as características genéticas da população no Sul apresentam maior predisposição para desenvolver o câncer de pele.

    No país, o câncer lidera as causas de mortalidade em 516 dos 5.570 municípios brasileiros: 80% ficam no Sul (275) e Sudeste (140). No Nordeste, estão 9% dessas localidades (48); no Centro-Oeste, 34 (7%); e no Norte, 19 (4%).

    QUANTIDADE DE MUNICÍPIOS ONDE O CÂNCER É A PRINCIPAL CAUSA DE MORTE (5 primeiros)

    Rio Grande do Sul 140

    Santa Catarina 95

    Minas Gerais 84

    São Paulo 52

    Paraná 40

    CIDADES DE SC (10 mais populosas, % de mortes por câncer)

    Blumenau 25%

    Jaraguá do Sul 26%

    Concórdia 25%

    Curitibanos 19%

    Xanxerê 24%

    São Miguel do Oeste 25%

    Fraiburgo 24%

    Guaramirim 22%

    São Lourenço do Oeste 25%

    Xaxim 25%

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas