nsc
    an

    Futebol

    União no JEC para fugir das crises

    Fabinho Santos espera que bom resultado contra o Gurupi possa embalar a equipe no Catarinense e diminuir problemas políticos que afetam o clube

    07/03/2017 - 17h19

    Compartilhe

    Por Redação NSC
    JEC fez último treino na tarde desta terça, no CT
    JEC fez último treino na tarde desta terça, no CT
    (Foto: )

    Enquanto a crise política faz os bastidores do Joinville ficarem quentes, dentro de campo o técnico Fabinho Santos tenta apagar o incêndio em razão dos resultados no Campeonato Catarinense. E nada melhor do que uma partida válida pela Copa do Brasil para esfriar os ânimos.

    No torneio nacional, o Tricolor já faz história. Alcançou a terceira fase pela primeira vez, venceu os dois jogos e, pela frente, terá um adversário pouco tradicional em dois duelos a partir desta quarta. Em resumo: uma grande oportunidade de avançar mais e buscar o embalo necessário para a recuperação no Campeonato Catarinense.

    Leia as últimas notícias sobre o Joinville Esporte Clube no AN.com.br

    Confira a tabela completa e a classificação do Campeonato Catarinense

    Apesar do favoritismo, como era previsto, o técnico Fabinho Santos prega muito respeito ao Gurupi-TO no duelo desta quarta, às 20h30, na Arena. Segundo ele, o rival já mostrou ter qualidade ao eliminar Londrina e Rio Branco-AC, em dois duelos nos quais também não era considerado favorito.

    Para evitar qualquer tipo de surpresa no primeiro jogo, o comandante conta com o retorno do lateral-direito Caíque, um dos destaques do Tricolor no Campeonato Estadual.

    Além dele, Fabinho deve promover a entrada de Bruno Batata no ataque. Em Brusque, o jogador entrou no segundo tempo, foi bem e deve ganhar uma vaga entre os titulares.

    Há ainda a opção de Bruno Rodrigues, jogador contratado recentemente junto ao Atlético-PR. Ele foi regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e está à disposição.

    - É muito bom ter o grupo completo. É uma boa dor de cabeça para o treinador - avaliou.

    Apesar de contar com força total, Fabinho está preocupado com o jogo de sábado, contra o Barroso, pelo Estadual, confronto comparado a uma final de Copa do Mundo pela necessidade de vitória do JEC.

    Por isso, ele poupará o lateral-esquerdo Fernandinho e o meia Aldair. Fernandinho sequer foi relacionado. Aldair ficará no banco de reservas e só entrará no jogo em caso de extrema necessidade.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas