Santa Catarina será a casa do ciclismo mundial em outubro, mês que fecha o ranqueamento para as vagas aos Jogos Olímpicos de Paris 2024. Dessa forma, as três provas que Urubici irá sediar serão as últimas do circuito mundial UCI Road Elite com pontuações válidas para Paris.

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do esporte no NSC Total

A cidade da Serra Catarinense recebe atletas do mundo todo entre os dias 3 e 5 de outubro para as seguintes provas:

  • 03/10 – GP Internacional de Ciclismo de Santa Catarina
  • 04/10 – GP Urubici de Ciclismo
  • 05/10 – Grand Tour de Ciclismo

Cada prova acumula até 60 pontos para o ranking classificatório para Paris 2024. Os atletas devem participar de todas as provas para tentar sair com o máximo de pontos possíveis (180).

Continua depois da publicidade

— Nesses dias, são 150 km na parte da manhã para o masculino, e 100 km para o feminino, na parte da tarde. São cerca de cinco, seis grupos internacionais. Um total de 200 atletas buscando a vaga para a Olimpíada em Paris — explica Ricardo Ziehlsdorff, organizador do evento.

Confira os resultados do Brasileiro de Downhill

Esta será a primeira vez que Santa Catarina recebe um evento UCI Internacional que vale pontos para o ranking olímpico.

— Para nós catarinenses é uma honra ser agraciado com esses importantes eventos internacionais. O ciclismo corre no sangue de nós e certamente serão eventos que proporcionarão uma vaga olímpica para mais um catarinense — comenta Alexandre Schneider, presidente da Federação Catarinense de Ciclismo.

Na Olimpíada de Paris, um total de 180 atletas (90 de cada gênero) vão disputar a medalha do ciclismo. Cada Comitê Olímpico Nacional pode classificar no máximo oito atletas (quatro por gênero).

Continua depois da publicidade

No dia 31 de outubro fecha a pontuação mundial que vai definir os países em disputa do ciclismo na Olimpíada de Paris 2024.

Os detalhes de cada corrida (percurso, horários, inscrições por grupos etc) serão divulgados em breve pela Confederação Brasileira de Ciclismo.

Destaques do NSC Total