nsc

publicidade

Saúde

Vacinação contra a gripe termina nesta semana em Joinville

Cerca de 40 mil pessoas ainda precisam ser imunizadas

28/05/2019 - 16h00

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
(Foto: )

A campanha nacional de vacinação contra a gripe Influenza segue em todo o país e, em Joinville, cerca de 40 mil pessoas ainda precisam ser imunizadas, de acordo com o Setor Imunização da Secretaria da Saúde (SS). A campanha termina na próxima sexta-feira, dia 31, mas há possibilidade de prorrogação pelo Ministério da Saúde.

A meta do município para este ano é vacinar cerca de 144 mil pessoas. Até o momento, 68% do público-alvo da campanha receberam a vacina e, de acordo com o gerente de Vigilância em Saúde da SES, Henrique Deckmann, a expectativa é que esse número aumente consideravelmente nos próximos dias.

Neste ano, em Joinville, foram diagnosticados seis casos de gripe H1N1, dois casos de H3N2e 45 suspeitas em investigação. “Em 2018 tivemos três óbitos por H1N1, em Joinville. As pessoas pertenciam aos grupos indicados para vacinação, mas não haviam se imunizado”, alerta Deckmann. A vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e na Sala de Vacinas Central (rua Abdon Batista, 172, Centro).

Horários ampliados

Para melhor atender à população, algumas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), nas regiões Norte, Sul e Centro, estenderam o horário de atendimento até as 19 horas.

Entre elas estão: UBSF Aventureiro I, UBSF Bakitas, UBSF Comasa, UBSF Jardim Iririú, UBSF Saguaçu, UBSF Boehmerwald I, UBSF Floresta, UBSF Edlan Jordan, UBSF Parque Guarani, UBSF Ulysses Guimarães, UBSF Costa e Silva, UBSF Vila Nova I, UBSF Glória, UBSF Osmar Dalonso (Pirabeiraba), UBSF São Marcos, entre outras.

A população que deve ser imunizada são as crianças maiores de seis meses e menores de seis anos de idade (com até 5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), idosos (a partir de 60 anos), portadores de doenças crônicas, trabalhadores da área da saúde, professores, funcionários do sistema prisional, policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas. Para se vacinar, as pessoas devem levar suas carteiras de vacinação.

Deixe seu comentário:

publicidade